Visita de Biden

Por que os EUA nunca se desculpam pelo bombardeio de Hiroshima

Em 19 de maio, Biden e outros líderes do G7 visitarão o museu do bombardeio atômico de Hiroshima. No entanto, já se sabe que o líder dos EUA não pedirá desculpas pelos bombardeios

Em 19 de maio, Biden e outros líderes do G7 visitarão o museu do bombardeio atômico de Hiroshima. No entanto, já se sabe que o líder dos EUA não pedirá desculpas pelos bombardeios nucleares. A Sputnik perguntou a um especialista por que os representantes da Casa Branca evitam pedir desculpas aos japoneses em um nível oficial.

Durante a recente visita do secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, os jornalistas japoneses perguntaram diretamente sobre a “mensagem” para as vítimas do bombardeio, mas sua resposta foi vaga, para dizer o mínimo.

Os Estados Unidos permanecem em silêncio sobre o fato de que foram os norte-americanos que realizaram o ataque mais horrível do século XX.

Política dos EUA não prevê desculpas

De acordo com o pesquisador sênior do Instituto da China e Ásia Moderna Oleg Kazakov, a política global opera de acordo com suas próprias leis, onde a ética e a moralidade geralmente não têm lugar.

“Os EUA e o Japão têm uma percepção diferente da história. Para os norte-americanos, está mais do que claro que foi o Japão que atacou seu país. Portanto, os bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki foram um ato de retaliação contra o agressor”, explica o especialista.

Segundo Kazakov, na compreensão dos EUA foram eles que criaram condições confortáveis para o desenvolvimento do Japão após a guerra. Portanto, todos os sucessos japoneses posteriores, inclusive quando era a segunda maior economia do mundo, os Estados Unidos consideram um mérito seu.

Consequentemente, na mente dos norte-americanos, provavelmente, não há nada pelo que se desculpar, mesmo que as vítimas tenham sido civis.

Até mesmo o presidente Barack Obama, que detém o Prêmio Nobel da Paz, ficou no museu de Hiroshima por apenas dez minutos. E esses minutos claramente não foram suficientes para um arrependimento silencioso, mas sincero.

A agenda da cúpula não é totalmente previsível

“Todos os movimentos dos participantes da cúpula do G7 serão rigorosamente planejados, porque os japoneses são pessoas muito organizados e pontuais. Cada momento da cúpula será previsto em detalhes, inclusive o tempo destinado à visita ao museu. Portanto, é importante: quanto tempo os próprios japoneses (considerando seu entendimento) pretendem reservar especificamente para esse local”, disse Kazakov.

Ele sublinha que é difícil dizer como os participantes do evento vão agir, já que Biden viajou para o Japão, apesar de seu país estar à beira da inadimplência, e a Austrália reprogramou a reunião do fórum Diálogo de Segurança Quadrilateral (Quad) para a margem da cúpula em Hiroshima.

Portanto, muito dependerá não apenas dos planos de Tóquio sobre a programação da estadia dos líderes do G7 em Hiroshima, mas também da situação real do mundo.

É pouco provável que haja qualquer alteração na posição norte-americana sobre os bombardeios atômicos. A cúpula de Hiroshima discutirá questões mais importantes para o G7 no momento.

Fonte: Sputnik

* Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.