Acervo conta história do Rei

Por dentro do Museu Pelé

Localizado na cidade de Santos, o Museu Pelé contém um impressionante acervo com objetos que contam desde a infância de Pelé até os muitos títulos por ele conquistados em sua vida

Foto: Diário Causa Operária

O Museu Pelé está localizado na cidade de Santos, sede do clube que eternizou o maior atleta da história. Ele está instalado nos antigos Casarões do Valongo e possui 4.134 m² de área. Em suas instalações, pode-se encontrar documentos, troféus, imagens, vídeos, documentos, bolas e condecorações, que contam a trajetória do Rei Pelé.

Foto: Diário Causa Operária

O Museu é parte das muitas atrações que a cidade disponibiliza relacionadas ao craque, que fez a cidade alçar projeção mundial nos últimos 70 anos. Se Santos já tinha sua importância graças ao café e à maior rede portuária da América Latina, foi graças a Pelé e sua atuação no Santos Futebol Clube que a cidade ficou conhecida em todos os cantos do planeta Terra.

A inauguração do Museu ocorreu às vésperas da Copa de 2014 – cujo país sede foi o Brasil. O Rei se emocionou e chorou durante a cerimônia, dizendo “Eu agradeço a Deus por ter me dado saúde para receber essa honra”.  

Foto: Diário Causa Operária

O acervo que conta a história do Atleta do Século conta com documentos, camisas, chuteiras, bolas e itens que fizeram parte da história de Pelé desde sua infância até se tornar um dos maiores ídolos do planeta Terra. Abaixo, a descrição de algumas das instalações deste museu:

Linha do Tempo

A Linha do Tempo é onde o visitante pode conferir cronologicamente a história do Rei Pelé, desde sua infância de origem muito pobre na cidade de Três Corações (MG), passando pelos primeiros dribles no futebol infanto-juvenil, já na cidade de Bauru (SP) até entrar para a Seleção Brasileira e conquistar diversos títulos pelos gramados do mundo.

Foto: Susan Hortas

Troféus de Pelé

A Taça Jules Rimet, que media 35 cm e pesava 3,8kg, foi entregue ao Brasil após a Seleção vencer três vezes a Copa do Mundo – 1958, 1962 e 1970. Apesar de a original ter sido roubada na Inglaterra em 1966, uma réplica idêntica foi dada pelo Governo do México após a Copa do Mundo de 1970.

Foto: Susan Hortas

Além dela, também está lá a Bola de Ouro, entregue ao Rei pela Fifa em 13 de janeiro de 2014. Como nunca havia jogado em time europeu, o Pelé não chegou a concorrer ao prêmio durante sua carreira. A entrega em 2014 foi uma forma de procurar remediar a injustiça.

A taça Jules Rimet; Foto: Susan Hortas

O primeiro radinho de Pelé

Com dinheiro arrecada engraxando sapatos, Pelé comprou seu primeiro radinho. Foi nele que seu pai, seu Dondinho, ouviu a derrota do Brasil na final de Copa de 1950, diante do Uruguai. Foi a primeira vez que Pelé viu seu pai chorar. Ali, ele lhe prometeu que ganharia um Mundial, o que ele realizou oito anos depois.

Foto: Susan Hortas

O museu ainda possui outras seções, como um gigantesco mural de 200 m² feito por Sérgio Ribeiro Lemos, o Seri, em homenagem ao Rei e que levou 30 dias para ser feito. Além disso, há exposições temporárias como a chamada “Quatro Copas e Um Rei”.

O museu é uma visita obrigatória para quem vai a Santos. Trata-se de uma importante homenagem e preservação da memória do brasileiro mais importante de todos os tempos.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.