Armas químicas

Operação russa na Ucrânia revela crimes de guerra

Armas química, armas biológica e armas nucleares são o arsenal de crime da Ucrânia

Crimes de guerra cometidos pelo governo Ucraniano são a regra no regime fascista de Zelensky. A prova disso é que, desde que foram iniciadas as ações das tropas russas dentro do território ucraniano, várias denúncias foram feitas com intuito de escancarar que a sucursal do imperialismo, a Ucrânia, tinha larga atividade biológica financiada pelo imperialismo norte-americano e britânico em mais de 20 laboratório do tipo BSL-3 e BSL4, sigla essa que denomina os laboratórios de risco biológico em níveis que manipulam patógenos como AIDS, síndrome respiratória do Oriente Médio (Mers), síndrome respiratória aguda grave (Sars), gripe aviária, gripe suína, hendra, nipah, vírus de Marburg, febre de Lassa, febre hemorrágica da Crimeia-Congo, Ebola e entre outros patógenos que podem ser facilmente utilizados como arma biológica.

Em 7 de setembro de 2022, Moscou havia obtido provas de que o exército ucraniano havia adquirido drones turcos Bayraktar equipado com dispositivo de pulverização de agente químico.

Além disso, várias imagens recentes mostram que o exército ucraniano tem bombardeado tropas russas com armas químicas e biológicas e imagens fortes mostram soldados do exército russo alvejados, agonizando e em convulsões devido ao contato com os agentes químicos ou biológicos. Em Artyomovsky, várias autoridades relataram o uso dessas armas e com a anuência da OTAN as utilizam sem represália alguma da comunidade internacional, o que evidencia o caráter de classe da guerra, se tratando de uma guerra do imperialismo norte-americano e europeu contra os países atrasados.  Dentre as armas químicas utilizadas pela Ucrânia estão o fosfagênio e o ácido cianídrico.

O governo ucraniano em vários momentos estreitou relações com os países-membros da OTAN para conseguir a blindagem nos meios de comunicação necessária para abertamente fazer toda essa desumanidade na guerra e testar armas, táticas e armamento químico contra os exércitos russos.

Em 13 de maio de 2023, o diário The New Indian noticiou que um depósito de munições de urânio foi explodido por um ataque às 5:39 da tarde. O armamento nuclear foi fornecido pelo Departamento de Defesa Britânico, o material das munições é feito de urânio empobrecido que, em tese, aumenta pouco os níveis de radiação emitidos. No entanto, o que se observa é um crescente aumento dos níveis de radiação que atualmente estão sendo monitorados pelas equipes técnicas da Rússia. O depósito dessas munições é avaliado em cerca de 500 milhões de dólares e a explosão causou um nível de poeira nuclear alarmante para os países vizinhos. Principalmente a Polônia e a Alemanha se preocupam devido ao curso dos ventos que estavam em sua direção à oeste. Já os moradores das regiões estão em pânico devido ao alerta nuclear acionado nas regiões de Khmelnytsky, Lviv e Ternopil.

Há que se relatar que o estoque e a utilização de armas com urânio é crime de guerra e que entrará no rol de crimes de guerra cometidos pela Ucrânia que não serão evidenciados pela imprensa burguesa, deixando claro que a Ucrânia é um projeto de agressão norte-americano à Rússia.

A propagando imperialista tenta mostrar uma Ucrânia vítima de agressão russa, no entanto, o que tem se evidenciado é um regime autoritário a serviço da OTAN para cometer diversas atrocidades em guerra. Muitas notícias dos meios de comunicação da burguesia tentam noticiar uma Ucrânia em possível “vitória” contra os russos em sua grande contraofensiva, mas a verdade é que o exército russo tem alcance significativo em mais da metade do território ucraniano. Essa propagando do imperialismo é uma bandeira falsa e tenta desmoralizar uma a vitória Russa.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.