Izadora Dias

Izadora Dias é militante do Partido da Causa Operária em São Paulo, coordenadora do coletivo João Cândido e integrante da secretaria de organização do PCO. É militante anti-imperialista e anti-identitária. É estudante da USP e, além de colunista do Diário Causa Operária, participa do programa matinal da Causa Operária TV, o Reunião de Pauta, às sextas-feiras.

Cinismo sem limite

O PCO é bolsonarista: a calúnia dos cínicos

O PCO é caluniado por um setor da esquerda, que quando o Partido lançou a campanha pelo Fora Bolsonaro, foi o primeiro a boicotar a luta

O Partido da Causa Operária está enfrentando outra campanha difamatória devido à sua declaração sobre a condenação do ex-presidente Bolsonaro. A posição do PCO é clara:  não apoiamos a ideia de combater um inimigo político da classe operária por meio do sistema judicial burguês. E o motivo é baseado em seus princípios comunistas: acreditamos que a justiça burguesa não é capaz de efetivamente derrotar um movimento político como o bolsonarismo, e essa estratégia só aumentaria a repressão do Estado, podendo ser usada no futuro contra a própria classe operária, como já ocorreu no caso de Lula com a Operação Lava Jato. Bolsonaro foi condenado por um crime político, o que, na verdade, pode fortalecer ainda mais sua base de apoio e o próprio bolsonarismo.

No entanto, o PCO é erroneamente rotulado como bolsonarista por se opor a essa condenação. Sabemos que todas essas acusações contra o PCO são absurdas, mas é importante argumentar e lutar politicamente contra esses ataques infundados.

O PCO foi o primeiro partido a adotar a palavra de ordem “Fora Bolsonaro”. Mesmo antes das eleições de 2018, o partido já denunciava que a prisão de Lula tinha como objetivo eleger Bolsonaro. Prevíamos que o candidato Haddad não seria capaz de derrotá-lo, indicamos a vitória de Bolsonaro nas eleições. A partir desse momento, o PCO iniciou uma campanha contra o presidente, sendo o pioneiro na campanha de rua pelo “fora Bolsonaro”. Distribuímos milhões de adesivos com essa mensagem e produzimos diversos materiais impressos contra o político. O partido até mesmo enfrentou resistência da própria esquerda ao promover essa campanha. Naquela época, alguns argumentavam que não era o momento adequado para pedir o “fora Bolsonaro” e que era necessário derrotar primeiro seus ministros. Participei dessa luta no movimento estudantil e ouvi esse argumento em várias reuniões na USP. Fui até hostilizada quando defendi que a campanha na época contra o ministro da educação Weintraub deveria ser substituída imediatamente por uma campanha contra todo o governo de Bolsonaro.

Sabemos que apenas nas últimas eleições Lula conseguiu acabar com o governo de Bolsonaro. Antes disso, tivemos que enfrentar um governo que negligenciou completamente a pandemia, causando inúmeros problemas para o país. Essas ações foram crimes muito mais graves do que aquele pelo qual ele foi condenado recentemente e tornou-se inelegível. A resistência contra a campanha pelo Fora Bolsonaro, foi uma experiência que vivenciei no movimento estudantil universitário, mas o PCO enfrentou resistência por parte da esquerda em todos os setores nos quais atuou para promover a campanha “fora Bolsonaro”. Mesmo durante a pandemia, o PCO foi às ruas, apesar das críticas da esquerda de que não era o momento adequado para se mobilizar contra Bolsonaro. Ou seja, a população foi abandonada por um governo genocida que ignorava completamente os perigos da pandemia na época.

Por fim, afirmar que o Partido da Causa Operária é bolsonarista apenas porque critica a maneira como Bolsonaro foi julgado é um absurdo. O PCO reconhece a necessidade de derrotar o bolsonarismo, mas não através do sistema judicial burguês. Acreditamos que isso só poderá ser alcançado mobilizando a população e a classe operária. Aqueles que afirmam que o PCO é bolsonarista poderiam facilmente ser condenados pela lei de Fake News, uma lei que não apoiamos, mas que esse mesmo setor esquerdista defende.

Dizer que PCO é bolsonarista é uma grande calúnia contra um partido que atua contra o Golpe desde o início e continua lutando nas ruas ao lado da classe operária contra seus inimigos políticos, sem recorrer ao sistema judicial burguês, que não temo mínimo interesse em defender os direitos da classe trabalhadora.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.