"Fake News"

Notícias sobre Cuba em 2022 que nunca ocorreram

Uma ameaça de bomba, uma doença mortal de origem desconhecida ou limitações no acesso a passaportes foram manchetes sobre Cuba em 2022, mas nenhuma dessas notícias ocorreu

Uma ameaça de bomba, uma doença mortal de origem desconhecida ou limitações no acesso a passaportes foram manchetes sobre Cuba em 2022, mas nenhuma dessas notícias ocorreu realmente.

Desinformação, notícias falsas foram fenômenos comuns no ano passado, algumas faziam parte de operações de guerra híbrida contra a Revolução. Outras vezes, havia interesse em ganhar audiências de determinados perfis nas redes sociais.

A agência noticiosa Prensa Latina encontrou entre as notícias falsas e campanhas de desinformação de maior impacto em Cuba e sobre Cuba, as seguintes:

Leite de barata: em março de 2022, o portal digital de Rádio Guamá publicou uma curiosidade sobre a existência de um leite extraído da barata com valores nutricionais. Vários meios de informação publicaram a notícia com manchetes falseadas argumentado que em Cuba se bebia leite de barata por causa da escassez de alimentos. Rádio Guamá desmentiu tudo, naturalmente.

Bomba num hotel de Havana: em maio de 2022 ligam para o hotel Tulipan de Havana com ameaça de bomba. Em alguns minutos, vários meios na Flórida, EUA, divulgam a notícia, dizem ter provas; foi uma noticia construída que se divulga quase paralelamente à ligação dirigida intencionalmente para desatar o pânico.

Restrições sanitárias: ao aumentarem os índices de contágio da Covid-19, ou dengue, ou novas doenças como a varíola dos macacos e a hepatite infantil de origem desconhecida, circularam notícias falsas anunciando  supostas novas medidas de isolamento, restrições ou convocando a que as crianças não fossem para o colégio.

Mercado em Moeda Livremente Conversível: desde janeiro de 2022, o Banco Central de Cuba publicou sistematicamente notas informativas desmentindo supostas modificações no mercado de divisas no país. As notícias incluem a suposta cobrança em divisas de serviços e trâmites aos cubanos.

Manifestações populares: em outubro, tensões econômicas e campanhas de desinformação provocaram manifestações de moradores em localidades cubanas, para onde se deslocaram as autoridades, escutaram as demandas e ofereceram respostas e soluções.

Código das Famílias: embora fosse aprovado finalmente, em referendo popular, o novo Código das Famílias foi alvo de ataques. Por exemplo, espalharam que as crianças seriam separadas de seus pais por interesse do Estado, ou as mulheres em idade reprodutiva seriam obrigadas a engravidar.

Apagões: as dificuldades no acesso ao combustível e peças de reposição deterioraram o sistema elétrico nacional e ocorreram apagões em todo o país. As notícias falsas propalaram desde supostos planos de cortes de eletricidade até suposta fuga de dirigentes governamentais.

Não causaria surpresa se em 2023 aumentassem a desinformação e as notícias falsas sobre Cuba. Um maior acesso à internet e o incipiente desenvolvimento da legislação e educação das audiências sobre o tema permitiriam isso.

Sempre resta a opção de desmentir, porque como diz o refrão: a mentira tem as pernas curtas, porém conforme diversos estudos, as informações falsas se espalham notavelmente mais longe, mais rápido, mais profunda e amplamente, do que as verdadeiras.

Fonte: Rádio Havana Cuba

* Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.