Partido da Imprensa Golpista

Merval contra plebiscito democrático

PIG estremece ao ouvir de lideranças do PT as palavras "plebiscito para uma reforma politica no país" que significa uma democracia direta

Durante campanha eleitoral de 2022, o atual presidente Lula falou em convocar uma constituinte para ter força para pode governar, caso estivesse diante de um Congresso repleto de direitistas e de oposição – como atualmente está. Todos os outros governos do Partido dos Trabalhadores anteriores também teriam proposto essa convocação, apesar de não ter ido para frente a iniciativa. Medida que deve, sim, ser realizada.

O plebiscito é uma forma de democracia direta, ou seja, a população vai lá e vota. Democracia direta não tem nada de autoritária, muito pelo contrário, é a situação mais democrática, que o povo poderia ter diante desses políticos burgueses, carreiristas – que chegam ao poder simplesmente pela força do dinheiro, pois são pessoas totalmente impopulares – é praticamente impossível governar com um congresso cheio de oligarcas, reacionários e conservadores.

Esta mais do que claro que o governo Lula, de um ponto de vista institucional, é um governo fraco. O partido tem pouquíssima representação institucional o que é uma situação muito difícil. O senador Humberto Costa, defendeu que a constituinte seria um meio de governar, sem precisar passar por toda a barreira que a direita montou no congresso e até mesmo no Supremo Tribunal Federal, para impedir um governo de fato de esquerda de assumir realmente o poder no país.

É importante levar em consideração que Costa é um politico que faz parte da ala direitista do PT. Se ele vê a situação dessa forma, é porque a situação politica do país é extremamente complicada e ruim para um governo dos trabalhadores, que está tendo e terá muita dificuldade. Por outro lado, a imprensa golpista, através de seu maior porta-voz, Merval Pereira já saiu a campo preocupada com o tema levantado pelo parlamentar petista.

Em sua Coluna, no Globo, Pereira afirma que governar por plebiscito seria uma forma autoritária e ditatorial de governo e que isso já teria sido tentado por governantes anteriores e não teria dado certo. E ainda afirma que este tipo de medida, se levada adiante pelo atual presidente, seria um fiasco, pois seria barrada no Congresso e também no STF. Ou seja, o informante da burguesia através do jornal venal, ligado ao imperialismo, não só afirma que não daria certo, como ainda ameaça o governo.

Todo esse debate, porém, fica prejudicado pelas experiências na América Latina, onde vários governos autoritários usaram a Constituinte para aumentar o poder do Executivo, como aconteceu na Venezuela de Hugo Chávez, na Bolívia de Evo Morales, no Equador de Rafael Correa. – afirma Merval Pereira

Em um ponto a polêmica fica clara, se a burguesia e a imprensa imperialista é contra, devemos ser a favor. Governar através de consulta popular é meio mais democrático de um governante operar, quando foi eleito justamente pela maior parte da população pobre e oprimida do país, na tentativa de modificar essa politica neoliberal e anti-povo, que é colocada na mesa e servida goela abaixo da maioria dos trabalhadores brasileiros.

É preciso uma ampla campanha em torno dessa alternativa, à qual está na ordem do dia, para que Lula possa ter um governo dos trabalhadores, um governo nacionalista, soberano, independente. Somente assim poderá buscar e conseguir o desenvolvimento econômico do povo e do país, que está estagnado e sofrendo de fome, desemprego e destruição total dos serviços públicos e sociais, desde o golpe de Estado de 2016.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.