Por quê estou vendo anúncios no DCO?

PCC

Homenagem aos que compõem a alma da revolução cubana

Díaz-Canel presidiu a cerimônia de reconhecimento de 63 trabalhadores e líderes do PCC que trabalharam ininterruptamente nesta organização política

O primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba (PCC) e presidente da República, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, presidiu a cerimônia de reconhecimento de 63 trabalhadores e líderes do PCC que trabalharam ininterruptamente - entre cinco e 55 anos - nesta organização política, descrita pelo Comandante-em-chefe, Fidel Castro Ruz, como a alma da revolução cubana.

Também participaram da reunião o membro do Bureau Político e secretário de Organização do Comitê Central do Partido, dr. Roberto Morales Ojeda e outros membros do secretariado, chefes de departamentos e escritórios do Comitê Central.

Roberto Pérez Jiménez, membro do Comitê Central e chefe do Departamento de Organização, disse que a unidade do povo ao redor do Partido, seu profundo patriotismo e cultura política, é o que nos tem guiado a superar as dificuldades e tentativas de nos dividir e minar o espírito revolucionário dos cubanos.

Cerimônia de reconhecimento para 63 trabalhadores e líderes do PCC Photo: Juvenal Balán

Acrescentou que, neste esforço para superar as adversidades, o chamado é para trabalhar, para os esforços de todo o povo, para continuar crescendo, para olhar de forma crítica as coisas que não têm corrido bem, mas sempre focalizado em nossas forças para continuar avançando; para o constante renascimento da esperança, com o orgulho de sentir que somos protagonistas de novas façanhas e novas vitórias.

«Aqui estão hoje aqueles que completaram entre cinco e 55 anos na atividade do Partido, exemplos de consagração e dedicação para outras pessoas mais jovens que dão tudo de si no cumprimento de seu dever. O preceito de José Martí que honrar honra, e o Partido se honra reconhecendo suas qualidades e resultados, torna-se uma realidade», enfatizou.

Por outro lado, Emilio Almaguer Perdomo, funcionário do departamento de organização, expressou, em nome de seus camaradas, a honra de fazer parte das fileiras do Partido, em seu caso, por «mais da metade da minha vida».

Cerimônia de reconhecimento para 63 trabalhadores e líderes do PCC Photo: Juvenal Balán

Acrescentou que pertencer a esta organização política é um degrau acima da escada de um revolucionário cubano. «Nele, aprendemos a pensar coletivamente. O Partido é um guia e uma consciência vigilante. Seus fundamentos refletem as tradições de luta de nosso povo e a ideologia pela qual tantos heróis e mártires da pátria lutaram incansavelmente e até mesmo deram suas vidas».

«O início da atividade política ou do trabalho na organização»- disse - exigiu sacrifício, esforço e tenacidade de todos nós; mas o fizemos por convicção, com dedicação e coração, que pertencerá com orgulho, até o final de nossos dias, ao Partido Comunista de Cuba».

Fonte: Granma

* Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.