Fora o imperialismo!

Hesbolá do Iraque: está decidido, libertaremos nosso país dos EUA

Depois do Iêmen declarar guerra à "Israel" agora a resistência islâmica no Iraque declarou guerra total aos EUA, o Oriente Médio caminha para uma guerra geral contra o imperialismo

Ontem o Iêmen declarou guerra à “Israel” e o confronto contra o Estado sionista se expandiu para o mar vermelho. Agora o Cataibe Hesbolá, conhecido como Hesbolá do Iraque, declarou guerra total aos EUA. Irão lutar até que todas as tropas, que invadiram o país em 2003, sejam expulsas. 

O Secretário-Geral do Cataibe Hesbolá, Sheikh Akram al-Kaabi, afirmou que a facção está determinada a libertar o Iraque, utilizando meios militares. Ele prometeu que o movimento continuará sua luta armada até que o objetivo de expulsar as forças militares dos Estados Unidos do Iraque seja alcançado. “Não vamos parar, não vamos recuar, não vamos desistir”, enfatizou o líder, prometendo ações mais intensas nos próximos dias.

Devido ao massacre dos israelenses em Gaza, a Resistência no Iraque tem atacado as bases militares dos Estados Unidos no nordeste da Síria e no Iraque desde 13 de outubro. Ao que tudo indica agora os ataques serão ainda maiores.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.