Faixa de Gaza

Hamas publica declaração sobre acordo de trégua vitorioso

Durante quatro dias, o conflito será interrompido, prisioneiros serão trocados e caminhões com ajuda humanitária serão deslocados a Gaza após acordo intermediado com Catar e Egito

O partido Movimento Resistência Islâmica anunciou uma importante vitória sobre os sionistas nesta quarta-feira (22), em acordo intermediado pelo Catar e pelo Egito, segundo a declaração oficial. O acordo prevê um cessar-fogo pelo período de quatro dias, durante os quais, “centenas de caminhões de ajuda humanitária”, troca de prisioneiros e interrupção do tráfego aéreo.

A conclusão do acordo representa um revés para o sionismo, que após a captura de reféns e o ataque às bases militares perpetrados pelos grupos armados palestinos, ameaçou responder com uma dura reação contra o povo palestino e com a extinção do Hamas, e dos demais partidos envolvidos no sete de outubro. Após 46 dias de um incessante bombardeio, muitos civis inocentes morreram do lado palestino – especialmente crianças e mulheres -, mas as Forças de Defesa de Israel (FDI) revelaram-se incapazes de invadir a Faixa de Gaza, realizando apenas curtas incursões no que restou de território palestino da antiga nação. Abaixo, a nota oficial do partido palestino.

DECLARAÇÃO OFICIAL DO HAMAS SOBRE CESSAR-FOGO

“Com base na nossa responsabilidade para com o nosso paciente e firme povo palestino, e no nosso esforço incansável para fortalecer a firmeza do nosso heroico povo na nossa orgulhosa Gaza, para fornecer alívio e curar as suas feridas, e para consolidar a vontade da nossa resistência vitoriosa no sétimo de Outubro face ao inimigo sionista.

Depois de negociações difíceis e complexas durante muitos dias, anunciamos, com a ajuda e o sucesso do Deus Todo-Poderoso, que alcançamos um acordo de trégua humanitária (cessar-fogo temporário) por um período de quatro dias, graças aos esforços persistentes e apreciados do Catar e do Egito.

Assim, os termos estabelecidos são:

— Um cessar-fogo de ambos os lados, a cessação de todas as ações militares das forças de ocupação em todas as áreas da Faixa de Gaza e a cessação do movimento dos seus veículos militares que penetram na Faixa de Gaza.

— A entrada de centenas de caminhões de ajuda humanitária, de ajuda médica e de combustível em todas as áreas da Faixa de Gaza, sem exceção, no norte e no sul.

— A libertação de 50 mulheres e crianças dos detidos da ocupação, todas com menos de 19 anos, em troca da libertação de 150 mulheres e crianças do nosso povo das prisões da ocupação com menos de 19 anos, por ordem de tempo de prisão.

— Interrupção de todo o tráfego aéreo de ocupação no sul durante quatro dias.

— Interrupção de todo o tráfego aéreo de ocupação no Norte durante 6 horas por dia, das 10h00 às 16h00.

Durante o período de trégua, a ocupação compromete-se a não atacar ou prender ninguém em todas as áreas da Faixa de Gaza.

— Garantir a liberdade de circulação de pessoas (de norte a sul) ao longo da Rua Salah El-Din.

Os termos deste acordo foram formulados de acordo com a visão da resistência e dos seus determinantes, que visam servir o nosso povo e fortalecer a sua firmeza face às agressões, e esteve sempre atento aos seus sacrifícios, sofrimentos e preocupações, e conduziu estas negociações a partir de uma posição de firmeza e força no terreno, apesar das tentativas da ocupação de prolongar e procrastinar as negociações.

Ao mesmo tempo que anunciamos a chegada de um acordo de trégua, afirmamos que as nossas mãos permanecerão no gatilho e os nossos batalhões vitoriosos permanecerão atentos para defender o nosso povo e derrotar a ocupação e a agressão.

Prometemos ao nosso povo que permaneceremos leais ao seu sangue, aos seus sacrifícios, à sua paciência, ao seu vínculo e às suas aspirações de libertação, liberdade, restauração de direitos e ao estabelecimento de um Estado palestino independente com Jerusalém como sua capital, Deus disposto.”

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.