Heróis de todos os oprimidos

Hamas desmascara a propaganda de guerra imperialista

"Nosso povo permanece firme e forte. Os rumores já não afetam sua moral; eles apenas os tornam mais resolutos em sua postura e no enfrentamento deste inimigo."

Hoje, Abu Obaida, o porta-voz das Brigadas Al-Qassam, braço armado do Movimento de Resistência Islâmica, Hamas, anunciou que: “Em resposta aos esforços do Catar, libertamos dois detidos americanos (uma mãe e sua filha) por razões humanitárias e para demonstrar ao povo americano e ao mundo que as acusações feitas por Biden e a sua administração fascista são acusações falsas e infundadas”. O Hamas aqui bate diretamente de frente com o imperialismo norte americano e o desmente na prática, não apenas em palavras. 

Ontem à noite o presidente dos EUA, Joe Biden, disse que os EUA estão em guerra tanto com a Rússia quanto contra o Hamas e anunciou um auxílio militar bilionário. Contudo, ao contrário da Rússia, o Hamas não tem um dos exércitos mais poderosos do mundo, eles têm apenas algumas dezenas de milhares de combatentes e uma disposição revolucionária. Joe Biden portanto fez o maior elogio possível ao Hamas, os colocou como um poder equivalente ao da Rússia. O Hamas portanto responde como pode, soltando alguns dos prisioneiros políticos que não são soldados israelenses.

Além disso o partido publicou em sua rede oficial a seguinte nota:

“Aviso Muito Importante

A todos os nossos compatriotas, por favor, leiam isto.

Em relação aos rumores sendo espalhados pela ocupação (de “Israel”) contra Gaza.

Desde o primeiro dia do conflito, a ocupação tem tentado disseminar vários rumores por meio de suas ferramentas e plataformas de mídia, com o objetivo de causar confusão dentro do nosso fronte interno, especialmente aqueles relacionados à ofensiva terrestre.

Estes rumores não são lançados em vão; pelo contrário, fazem parte da guerra psicológica e têm a intenção de medir as reações de nosso povo por meio de várias ferramentas, incluindo as equipes que monitoram plataformas de mídia social.

Portanto, é necessário que todos nós sejamos firmes e levantemos a moral de nosso povo. Isso forçará a ocupação a reavaliar e perceber que nosso povo não pode ser derrotado.

Importante esclarecimento: A ocupação espalhou rumores sobre uma guerra terrestre mais de cinco vezes. No entanto, nosso povo, em todos os seus diversos grupos, continua a elevar seu espírito de confronto, inclusive por meio das plataformas de mídia social. Isso pode ter levado ao adiamento de qualquer confronto devido à ausência do colapso popular que a ocupação esperava alcançar por meio de suas massacres.

Nosso povo permanece firme e forte. Os rumores já não afetam nossa moral; eles apenas nos tornam mais resolutos em nossa postura e no enfrentamento deste inimigo.

E Alá é predominante em Seus assuntos, mas a maioria das pessoas não sabe.”

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.