Luta pela terra

Grilagem das terras indígenas está a todo o vapor em Dourados

Palco de dez prisões ilegais de índios Guarani-Caiouá pelo governo do tucano Eduardo Riedel, terras indígenas em Dourados são griladas

As recentes prisões de dez indígenas Guarani-Caiouá na retomada Nova Ivu Verá no município de Dourados, no Mato Grosso do Sul a mando do governador do PSDB Eduardo Riedel chamou a atenção para grilagem de terras indígenas no entorno da Reserva Indígena de Dourados.

A Reserva Indígena de Dourados possui 3.500 hectares e é a mais populosa do país. Aproximadamente 20 mil indígenas se apertam e estão sem condições de sobreviver da terra indígena. Como não há terras suficientes, os índios não conseguem produzir e muito menos sobreviver de caça, pesca e extrativismo.

E grande parte dessa situação é devido a grilagem de suas terras e reduzido tamanho da Reserva de Dourados.

Hoje a área urbana do município de Dourados está nas proximidades da Reserva Indígena e reduziu a área que era utilizada pelos índios para se deslocar, caçar, plantar e viver. E os índios estão há décadas tentando demarcar essas áreas que hoje estão sendo griladas por grandes empresas, construtoras e condomínios de luxo.

Os militantes do PCO que estão no local do conflito andaram no entorno da área indígena e foi observado que as grandes empresas e imobiliárias correm para grilar essas terras, vendê-las e construir condomínios de luxo e empresas nas áreas reivindicadas pelos índios, algumas delas com restrição da justiça para construir.

Veja as imagens abaixo:

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.