Brasília

Foro de São Paulo: campanha contra o bloqueio a Cuba se espalha

Veja como foi o segundo dia da XXVI edição do Foro de São Paulo, que ocorre em Brasília entre os dias 29 de junho e 02 de julho

Entre os dias 29 de junho e 02 de julho, ocorre, em Brasília, no hotel San Marco, a XXVI edição do Foro de São Paulo. O encontro, que reunião representantes dos mais variados locais do mundo, com especial destaque à América Latina, tem como objetivo discutir a luta do povo latino-americano e tirar encaminhamentos práticos que possam fazer avançar a luta dos trabalhadores na região.

Do Brasil, estão presentes membros do Partido dos Trabalhadores (PT), do Partido da Causa Operária (PCO), do PCdoB e mais. Em relação a outros países, compareceram no segundo dia do evento representantes de Cuba, Venezuela, China, Vietnã, Colômbia, Estados Unidos, Uruguai, México e muito mais.

O PCO trouxe, inclusive, sua tradicional banca para o Foro, disponibilizando exemplares do Jornal Causa Operária, do Dossiê Causa Operária e da Revista Textos para os participantes, bem como distribuindo panfletos e cartazes de campanhas tiradas pelos Comitês de Luta. Veja:

O segundo dia do evento, nessa sexta-feira (30), iniciou-se com um grupo de discussão focado na questão da mulher.

Ao mesmo tempo, do lado oposto do salão, ocorreu uma mesa relativa ao papel dos movimentos sociais e populares na luta latino-americana contra o imperialismo, que contou com centrais sindicais e movimentos brasileiros, bem como de partidos e organizações de todo o mundo.

Logo após almoço, houve o grupo de discussão relativo à juventude. Este, organizado pela Juventude do Partido dos Trabalhadores (PT), contou com a presença de representantes de organizações da juventude da Colômbia, de Cuba, dos Estados Unidos, do México, do Peru, de Porto Rico, do Uruguai, da Venezuela e, como anfitrião, do Brasil.

Cada representante apresentou um informe acerca da situação política de seu país, bem como um informe acerca da situação da juventude e da mobilização desta em prol de seus interesses.

Ao mesmo tempo, no outro auditório do hotel San Marco, um grupo se reuniu para realizar discussões com o tema “luta contra o fascismo, pela paz e pelos direitos humanos”. Ali, representantes de diversos países discutiram qual deve ser o foco dos povos latino-americanos na luta contra o imperialismo e contra a intervenção sobretudo dos Estados Unidos na região.

Representando Partido da Causa Operária (PCO) do Amapá, Jairo Palheta, ex-candidato ao governo do estado nas eleições de 2022, deu uma fala denunciando a política lesa-pátria de Marina Silva, ministra do Meio Ambiente, em relação ao petróleo. Em maio deste ano, a ministra amiga de George Soros proibiu, por meio do Ibama, estudos voltados à exploração de petróleo na Margem Equatorial, uma posição profundamente reacionária que sabota o desenvolvimento nacional.

O grande destaque do segundo dia foi, porém, a campanha feita por militantes do PCO e dos Comitês de Luta pelo fim do bloqueio genocida imposto pelos Estados Unidos contra Cuba. Campanha que foi, inclusive, tirada durante a III Conferência Nacional dos Comitês de Luta, que ocorreu nos dias 09, 10 e 11 de junho, na Quadra dos Bancários, em São Paulo. Nesse sentido, foram distribuídos dezenas de cartazes acerca desta campanha, confira:

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.