Distrito Federal

Começa Festival de Cinema de Brasília

O 56º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro promete uma celebração intensa da sétima arte, marcada pela homenagem a Antonio Pitanga e pela introdução da tecnologia 4K

A 56ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro traz uma homenagem ao ator Antonio Pitanga, de 84 anos, e também promete marcar história com inovações tecnológicas. Anunciado na última quarta-feira (29), o evento, organizado pela sociedade civil Amigos do Futuro e pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, exibirá todos os filmes em tecnologia 4K pela primeira vez, proporcionando uma experiência visual mais intensa e detalhada.

Na noite de abertura, marcada para 9 de dezembro, Pitanga receberá o Troféu Candango pelo conjunto da obra, celebrando mais de seis décadas dedicadas à arte cinematográfica. Em vídeo, Pitanga expressou sua gratidão: “O festival é sempre uma grande tribuna política, social e cultural. Ser homenageado neste festival traz um afago ao coração, de uma carreira com mais de 64 anos, fazendo mais de 80 filmes. É uma alegria ser homenageado em vida, neste festival histórico e de referência mundial.”

Tecnologia 4K e Dolby

Todos os filmes serão exibidos em 4K. Ainda, em entrevista coletiva no Cine Brasília, o presidente do evento, Fernando Borges, destacou os investimentos significativos em tecnologia de ponta, incluindo o novo sistema de processamento de áudio Dolby para salas de projeção. “É algo inédito e nos coloca, a nível nacional, ao lado dos grandes festivais. Tivemos que ajustar nossa estratégia de aplicação de recursos para trazer essa tecnologia 4K”, afirmou Borges. Os organizadores também asseguraram que filmes produzidos com qualidade inferior a 4K serão adaptados à nova tecnologia digital, garantindo uma experiência uniforme para todos os participantes.

Recorde de Inscrições

A nova edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro quebrou recordes com 1.269 filmes inscritos, sendo 984 curtas e 285 longas, provenientes de todas as regiões do Brasil. São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul e Pernambuco lideram as inscrições, refletindo a diversidade geográfica das produções.

A programação do festival incluirá mais de 50 filmes selecionados, seis longas-metragens e 12 curtas-metragens participando da Mostra Competitiva Nacional. Quatro longas e oito curtas concorrerão ao 25º Troféu Câmara Legislativa do Distrito Federal na Mostra Brasília, dedicada às produções locais.

A diretora artística, Anna Karina, destacou a diversidade narrativa dos filmes, anunciando que o título do filme de abertura será revelado na próxima semana. Além das projeções, o evento oferecerá cinco oficinas de formação online, seminários, encontros setoriais, masterclass e debates sobre temas cruciais para o cenário audiovisual brasileiro.

O 56º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro promete uma celebração intensa da sétima arte, marcada pela homenagem a Antonio Pitanga e pela introdução da tecnologia 4K. O evento acontecerá entre os dias 9 e 16 de dezembro, na Casa do Cinema Brasileiro, consolidando-se como um marco no calendário cultural do país.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.