Izadora Dias

Izadora Dias é militante do Partido da Causa Operária em São Paulo, coordenadora do coletivo João Cândido e integrante da secretaria de organização do PCO. É militante anti-imperialista e anti-identitária. É estudante da USP e, além de colunista do Diário Causa Operária, participa do programa matinal da Causa Operária TV, o Reunião de Pauta, às sextas-feiras.

O que foi o stalinismo

Entendendo o livro A Revolução dos Bichos – Parte I

O polêmico livro de George Orwell, A Revolução dos Bichos, fez importantes referências ao regime stalinista, após o curso da Universidade Marxista podemos facilmente identificar e

O livro A Revolução dos Bichos, ou a tradução mais fiel, A Fazenda dos Bichos, é uma conhecida obra de George Orwell, um dos escritores mais importantes do século XX. O que não falta é análise sobre as suas obras e sua polêmica denúncia ao Stalinismo, que foi usada amplamente pelo imperialismo como uma campanha contra o comunismo.

Apresentarei em uma série de colunas nesse Diário, algumas considerações sobre a obra de um ponto de vista materialista, já que a maioria das análises sobre a obra simplificam a crítica do livro apenas como sendo uma crítica ao autoritarismo, a ascensão de ditadores, etc. Porém, George Orwell, criticava especificamente a burocracia stalinista, que foi uma total deturpação do marxismo e do que seria um Estado Operário. A partir do que foi estudado  no curso da Universidade Marxista sobre o “O que foi o Stalinismo” é possível reconhecer na fábula vários acontecimentos históricos que resultaram na crítica de George Orwell.

Comecemos nesta primeira coluna por uma análise dos principais personagens desta história:

Sr. Jones é a representação do Czar, em completa decadência, o regime czarista gerava para a classe operária um regime de cada vez mais miséria.

O Velho Major representa Karl Marx, ou até mesmo Lenin, é o animal mais velho e sábio na fazenda e inflama a partir do Animalismo, que podemos interpretar como sendo o marxismo, a revolta dos animais contra a exploração de Sr. Jones.

fazenda representa a Rússia revolucionária cansada da decadência do czarismo, da fome, da guerra e de toda exploração.

Bola-de-Neve (Snowball) é baseado em Leon Trótski, revolucionário Bolchevique que liderou a Revolução Russa de 1917 juntamente com Lenin, comandante do Exército Vermelho, defensor da Teoria da Revolução Permanente, expulso da Rússia pela burocracia stalinista e assassinado no México a mando de Stalin em 1940.

Napoleão é baseado em Joseph Stalin, Secretário Geral do Partido Comunista de 1922 a 1952, liderou o Estado Soviético até a sua morte em 1953.

Os cães leais criados por Stalin desde filhotes que reprimem os animais da fazenda representam a GPU, a polícia política, o órgão repressor da burocracia stalinista responsável por criar o clima de terror na URSS, perseguiu, expurgou e executou milhares de pessoas na antiga União Soviética.

O cavalo Boxer representa um setor da classe operária, os trabalhadores que se dedicavam totalmente ao trabalho e lutavam pelo Estado Operário. Na história Boxer é traído por Napoleão ao ser levado para o matadouro achando que estava sendo levado para ser cuidado por veterinários

Squealer ou o Garganta nas traduções em português, é o porco mais próximo de Napoleão, é responsável por fazer a boa propaganda da direção da fazenda, sempre dizendo que Napoleão era um bom líder, um verdadeiro camarada etc. O personagem é baseado na propaganda da URSS.

Artigo publicado, originalmente, em 15 de março de 2021.

* A opinião dos colunistas não reflete, necessariamente, a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.