Em Jerusalém ocupada

Ditadura nazista de Israel prende homem por levantar bandeira

Desde o início do confronto atual a ditadura isarelense se tornou ainda mais pesada, tanto para os israelenses antissionistas quanto para os palestinos

Hoje um homem de Jerusalém foi preso por pendurar uma placa em sua sacada com a inscrição “Nenhuma Santidade em uma Cidade Ocupada”, ao lado de uma bandeira palestina colocada em um vaso de flores. A polícia recebeu relatos da declaração e da bandeira, o que levou os policiais a chegarem à residência no centro da cidade. O advogado Naser Odeh, que representa o jovem, afirmou que a polícia chegou ao local depois que uma multidão se reuniu sob o apartamento do homem e proferiu palavras de ordem pejorativas em resposta à placa.

Uma mulher presente na casa quando a polícia chegou relatou que eles entraram sem apresentar um mandado de busca. “Perguntamos a um dos policiais se ele tinha um mandado de busca, e ele disse que não precisava”, disse ela. “Perguntamos aos outros policiais se isso era legal, e eles ficaram em silêncio.”

Segundo ela, o homem filmou os policiais em vídeo, e eles confiscaram seu telefone, ameaçaram levá-lo para a delegacia e, posteriormente, o prenderam. Seu advogado argumentou que “pendurar uma bandeira palestina dentro de casa não é um crime nem justifica uma prisão” e acrescentou: “Ele não resistiu à prisão nem usou força; a polícia nem o acusa de resistência.”

De acordo com a polícia, “os policiais chegaram ao local depois de receberem vários relatos na delegacia sobre uma placa e bandeiras da OLP penduradas em uma sacada, o que levou a aglomerações e tentativas de cidadãos de chegar ao apartamento. A polícia agiu para interromper a violação e prevenir qualquer forma de violência.”

Desde o início do confronto atual a ditadura isarelense se tornou ainda mais pesada. Os judeus que vivem em Israel estão sendo duramente reprimidos, os palestinos, cristãos ou muçulmanos, por sua vez passam por uma repressão verdadeiramente nazista. Não é possível nem manter uma bandeira na janela de casa. É um sinal de fraqueza do regime sionista que está aterrorizado com o crescimento da luta dos palestinos e dos próprios israelenses antissionistas.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.