Cavalos de Tróia no governo

Discord e a nova campanha de terror contra os jovens

A proibição da liberdade de expressão atinge primeiro cafés pequenos da direita e depois varre totalmente a esquerda do mapa

Articulação de onda de terror contra os jovens e a plataforma de discussão de jogos, o Discord ocorre após a revelação do caso de cinco homens que estupraram adolescentes que conheceram através do Discord. Cresce a campanha contra a ferramenta e os jovens ´pela imprensa golpista em seu portal principal, o G1 da Globo, 

Para apoiar o terrorismo de Estado contra o povo, e neste caso os jovens e o Discord, a deputada estadual de São Paulo e psicóloga, Beth Sahão (PT-SP), encaminhou ao procurador geral da Justiça de São Paulo, Mario Sarrubbo, pedido de fiscalização, restrição de idade e até suspensão do Discord no Brasil, um ato contra os direitos individuais e de livre expressão.

A plataforma é frequentada por jovens de idade mínima de 13 anos, conforme normas da plataforma, para se expressarem e se relacionarem, já que eles têm pouquíssimos espaços para isso presencialmente. E isso se trata de medidas nazistas contra a plataforma e também aos jovens.

Um estudo da violência contra adolescentes no Brasil pela Unicef em 2017 informa que na capital Fortaleza 44% das mortes ocorreram em 17 bairros dos 119 da cidade. Metade das mortes ocorreram a cerca de 500 metros de suas casas e 60% estavam fora da escola a pelo menos 6 meses.

No estado do Rio de Janeiro, no período de janeiro de 2013 a março de 2019 houve 2.484 homicídios de adolescentes e que 26% deles na capital, ou seja, foram 648 adolescentes executados sendo 70% de idade entre 16 e 17 anos e 80% negros. A principal causa é o homicídio doloso, onde há a intenção de matar, e a segunda causa é a morte por ação de policiais, 22%. Na capital, a proporção de vítimas fatais por ações da polícia foi de 34%. O que mostra o total descaso com a violência e mortes de adolescentes. Os dados são do ISP (Instituto de Sequrança Pública).

Elas sempre ocorreram, desde antes mesmo da internet e plataformas de redes sociais, o que deixa claro que continuarão ocorrendo mesmo banindo todas as plataformas de relacionamentos. A esmagadora maioria dos casos ocorridos de violência ou morte não se deram pelo Discord ou outra plataforma qualquer, que são apenas um dos meios possível e que existem inúmeros outros, mas a verdadeira intenção é a de censura ao jovem e ao povo, não à burguesia.

Mas essa política de restrição da liberdade de expressão do povo é a política do imperialismo. Ele quer de toda maneira restringir ou até mesmo proibir as redes sociais, único canal onde o povo e o jovem podem se expressar livremente, pois a imprensa oficial não dá voz nem vez a ninguém que não seja a própria burguesia nacional ou imperialista.

São inúmeros os casos de suspensão de plataformas, pessoas, partidos ou políticos, que ao usar as redes sociais e assumem política anti-imperialista, ou mesmo nacionalista, são proibidos, suspensos e até mesmo condenados em processos farsescos, para cassar os direitos de livre expressão do pensamento. 

Mas não há combate aos atos de violência contra o povo trabalhador como nas chacinas em favelas e nas periferias por ação do próprio estado através do seu braço armado, as polícias. Nem se proíbe “fake news” pela imprensa oficial, golpista e capitalista, que todos sabemos que são diárias e cotidianas. Em suma é a luta de classes levada ao seu mais alto grau de conflito, é um salve-se-quem-puder e o elo mais fraco dessa corrente é a classe trabalhadora, isso se ela não se organizar e ir para as ruas defender seus interesses e sua liberdade, bem mais precioso que ela tem.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.