Mais uma do Dino

Dino quer como assessora uma lavajatista e antipetista

O Ministro Flávio Dino mostra mais uma vez para que veio. Nomeia uma golpista como sua assessora e sente-se à vontade. Jogou-se a direita, cabe agora removê-lo

O Governo Lula mostra-se encurralado e a cada dia seus ministros de direita dão ideia do que está por vir. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, já mostrou claramente a incompetência – para não dizermos oportunismo – de exercer o cargo que ocupa. A nomeação de Marilda de Paula Silveira para assessora é outra bola fora do ministro.

Nos últimos dias, Flávio Dino, faz um movimento que surpreende aos incautos, mas não aos mais conscientes da política. Coloca a advogada Marilda de Paula Silveira como sua assessora para entrevistar candidatos a vagas em Tribunais Superiores. Marilda sabe como funciona a política direitista e sempre foi aliada desta.

Em 2016, o governo questionou a imparcialidade do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que impedia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de assumir o cargo de ministro da Casa Civil. Nesse momento, a principal acusação era da íntima ligação de Mendes com a advogada Marilda P. Silveira, que assinava o mandado de segurança apresentado pelo PPS. Subscrito pela advogada do PPS, juntamente com uma ação do PSDB, o ato culminou com a liminar de Mendes que suspendeu a posse de Lula. O PT argumentava que Gilmar teria que se afastar do caso por ter relação de “amizade” com a advogada, pois o ministro do STF foi integrante da banca de doutorado da advogada, que trabalha como professora no Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), do qual Mendes é sócio-fundador.

Em 2018, foi advogada do Partido Novo, um partido ultraliberal, e neste período assinou uma ação ajuizada no Supremo Tribunal Federal, acatada por Luiz FUX, ministro diretamente ligado à Lava-jato. Na qual pedia para que Lula fosse proibido de dar entrevista aos repórteres Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, e Florestan Fernandes, do El País. Uma tese de um setor fascista e antidemocrático, visto que Lula era um preso político e, mesmo assim, costumava dar entrevistas a diversos setores de comunicação. 

A advogada tem seu currículo cheio de ligações com golpistas. É sócia no escritório de advocacia de Flávio Henrique Unes Pereira, assessor do Senador Antônio Anastasia (PSD). O gabinete de Anastasia tem, dentre outros documentos, o de base para o impeachment da presidente Dilma e de autoria do próprio Flávio Unes, e o Projeto de Lei para a terceirização total do serviço público. Todos são crimes contra os trabalhadores. 

Flávio Dino faz uma escolha ao seu estilo, aliados de golpistas e capacho do imperialismo. No 8 de janeiro, não tomou nenhuma atitude em relação aos atos e agora tenta assumir a posição de liderança. Na crise penitenciária do Rio Grande do Norte foram palavras de mais massacre sem nenhum gesto à esquerda. Tem se comportado como inimigo dentro do governo ao aliar com quem traiu a pátria.

Flávio Dino tem um histórico que seria irretocável para um direitista. Nascido no Maranhão, é filho de Sálvio Dino, pai com carreira política consagrada no estado. Sálvio Dino, já foi eleito deputado estadual em 1974 pela ARENA, partido da ditadura militar e após o término do bipartidarismo, ingressou no Partido Progressista (PP) em 1980. Sálvio, em 1988, ainda exerceu o cargo de prefeito da cidade de João Lisboa pelo Partido da Frente Liberal (PFL), já extinto, e atual Democratas, ou DEM.

Flávio Dino, quando esteve no PC do B, governou o estado do Maranhão tendo como vice Carlos Brandão. Elemento filiado ao Republicanos, partido conhecido por ser ultra-direitista e de “quase” propriedade dos evangélicos, devido a sua ligação direta com a Igreja Universal do Reino de Deus. Brandão, também adepto aos movimentos rápidos na política, passou posteriormente pelo PSDB e agora pelo PSB.

É preciso que Lula decida o destino de Flávio Dino e dê aos seus ministérios políticos de sua confiança e da sua cautela. Com a nomeação de Marilda de Paula Silveira, Dino mostra mais uma vez a que veio e para onde quer ir. É e sempre foi ligado à direita golpista e agora Lula precisa de elementos confiáveis, caso contrário, o seu governo não passará nenhum aniversário e esses ‘dinos’ estarão apoiando a sua derrubada.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.