Participe!

Começa sábado o Acampamento de Férias da AJR no Pico do Jaraguá

Saiba como serao as atividades no acampamento e na Universidade de Férias

No dia 14 de janeiro começa a Universidade Marxista, atividade organizada pelo Partido da Causa Operária (PCO) junto à Aliança da Juventude Revolucionária (AJR) que também está preparando o acampamento. Ambas as atividades acontecerão no Sítio Pé do Pico, localizado próximo ao Pico do Jaraguá, em São Paulo, e durarão até o dia 22 de janeiro.

No espaço, os participantes terão à disposição um espaço amplo, onde poderão aproveitar todo o lazer oferecido, além de desfrutarem de um curso, ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, sobre o identitarismo e a atual propaganda ideológica do imperialismo, detalhando a questão da chamada cultura woke e da censura que tem se intensificado recentemente. O curso terá 50 horas de duração ao todo, que serão divididas em duas horas de aula por dia.

O evento é uma oportunidade dos companheiros de todas as partes do País se conhecerem mais e compartilharem conhecimento e informações num lugar propício para a realização de várias atividades. No sítio há várias opções de entretenimento, como piscinas, churrasqueira, assim como quadras para a prática de esporte, possibilitando que os companheiros organizem pequenos campeonatos para interagirem entre si. Além disso, os alimentos são preparadas pelos próprios participantes, que são divididos em grupos e revezam no preparo dos cardápios.

Pessoas que estiveram presentes em edições anteriores relataram as histórias de como foi fazer parte da atividade. A companheira Lilian Miranda, que está no partido desde o ano de 2013, comentou sobre as edições da universidade de férias das quais participou:

“Participo desde janeiro de 2014 da Universidade de Férias. Algumas edições foram em São Roque, onde lembro com carinho. Além das aulas maravilhosas, gosto da piscina e da cervejinha gelada com os companheiros. A que mais lembro foi a que teve em Itariri, em São Paulo. Fizemos churrasco na praia, era muito divertido. Sempre tem o campeonato de futebol, passeios turísticos. Lembro quando fomos ao Museu Pelé, em Santos. Enfim, são muitas histórias ao longo desses anos.”

O companheiro Arthur Cesconetto, militante da Aliança da Juventude Revolucionária, também compartilhou a sua experiência a partir das edições de que participou:

“Essa vai ser a minha terceira Universidade de Férias presencial, com acampamento. Então é claro que eu estou com grandes expectativas porque eu já conheço um pouco como funciona a atividade e as duas experiências anteriores que eu tive, uma no verão e outra no inverno, foram muito boas. Além da área de lazer, tem também todo o curso, que é fundamental para a formação de todo militante que quer se organizar para a luta política, um curso de grande qualidade com o companheiro Rui Costa Pimenta, com sessões de debate, rodas de estudo etc. Então você passa as suas férias num local muito bom, tem piscina, áreas de jogos, torneios de esporte, além da convivência com todos os militantes, pessoas que são parte da luta. Eu lembro que nas últimas universidades de férias houve festas. Inclusive, na de inverno teve festa junina, na de verão a gente fez torneio de futebol. A gente espera que, com a volta da Universidade de Férias, tudo isso que era muito bom volte e ainda em maior quantidade, porque desta vez serão mais pessoas, num local ainda melhor. As expectativas são altas.”

E não é só quem já participou que está ansioso para esta próxima edição. Quem vai marcar presença pela primeira vez também está contando as horas para a universidade começar. Um exemplo disso é a companheira Gabriela Andrade, que está no partido há, aproximadamente, dois anos, que compartilhou o que espera da atividade:

“Vai ser a primeira universidade de férias em dois anos e pouco em que estou no partido. Eu entrei no esquema de pandemia ainda, então a universidade estava parada por dois anos. Então, eu não faço ideia de como é, escuto histórias, o pessoal explicou que é um acampamento, mas eu nunca participei. Eu tenho a dimensão do que pode ser pelos cursos do partido, desde o mais simples, que é a escola marxista, até o mais robusto, o mais profundo, que é o da Universidade Marxista. E, claro, quando você faz algum passeio no partido, sendo uma militante que está sempre nas atividades da juventude, você começa a ter uma dimensão melhor de que o negócio vai ser incrível, aí você começa a ter muita expectativa. Eu vejo que, na minha cabeça, pelo menos, é uma universidade marxista com um tema incrível, pois as pessoas costumam ficar muito confusas com essa questão do identitarismo.”

As pessoas que participarem das atividades poderão escolher entre duas formas de acomodação: barracas e quartos. Os alojamentos em barracas sairão por R$430,00 e em quartos por R$580,00, com três refeições diárias incluídas na taxa além de, é claro, o próprio curso.

As inscrições podem ser feitas a partir do preenchimento deste formulário. Também é possível entrar em contato com os militantes do Partido pelo País para participar e adquirir mais detalhes.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.