Eleições APEOESP

Chapa 1, para unir a categoria para lutar

Educadores em Luta, corrente de professores do PCO, juntos com os setores que apoiaram Lula e lutaram contra o golpe, na Chapa 1, nas eleições do maior Sindicato do Pais

Com o Plenário da Academia Paulista de Letras lotado, foi lançada no último sábado (dia 6), a Chapa 1 para as eleições par a diretoria da

APEOESP, que acontecem no próximo dia 26.

Mais de 400 professores participaram do evento além de dirigentes sindicais e políticos dos mais diversos setores da esquerda.

A chapa 1 é uma frente de todas as correntes politica da atual diretoria (PTR, PCdoB, PSOL) e da Oposição, como Educadores em Luta (militantes e simpatizantes do PCO) que se unificaram no apoio à candidatura de Lula e, antes disso, em sua maioria, em torno de questões centrais da luta contra o regime golpista como a luta contra a derrubada da presidenta Dilma, contra a prisão de Lula e pela sua liberdade.

Segundo o boletim Educadores em Luta , o grupo decidiu decidiu “participar da Chapa 1, chapa de unidade que se formou para as eleições da APEOESP deste ano, reunindo os atuais setores que integram a diretoria (PT, PCdoB, PSOL), diante de um momento de enorme gravidade em nosso Estado e no País e na sequência de um período de lutas em que nosso Sindicato teve, e tem, um papel decisivo na luta contra o golpe de Estado e o regime golpista que se impôs ao País e que não chegou ao fim, apesar da importante vitória de Lula, o candidato dos trabalhadores nas últimas eleições“.

Nova etapa de crise

Na etapa atual segue a pressão da direita golpista (bolsonaristas, tucanos e, inclusive, setores infiltrados no atual governo, para sabotá-lo). Eles dominam o Banco Central, o reacionário Congresso Nacional, a imprensa capitalista, o judiciário e vão fazer (já estão fazendo) de tudo para impedir que haja avanços que interesses à maioria do povo trabalhador.

Em São Paulo, o governo do bolsonarista, Tarcísio de Freitas (Republicanos) segue com a política de ataques à Educação dos seguidos governos tucanos (Covas, Alckmin, Serra, Dória, Garcia), agindo para destruir o ensino público e responsabilizar os professores. Ao mesmo tempo em que roubam nossos salários, congelados por vários anos. O atual governador se nega, inclusive, a cumprir a Lei e pagar na íntegra e para todos o reajuste do piso salarial nacional dos professores de 14,95% de 1/1/23, como fizeram os governos anteriores.

Mais do que nunca é preciso lutar pela ampla democratização do sindicato, com a participação dos professores a partir das escolas, redução de mandatos, processos eleitorais organizados sob o controle democrático da categoria, representações de base em todas as instâncias e comissões de negociações.

Para avançar na luta

A Chapa 1 se forma e se mobiliza para as eleições, no momento em que o Sindicato se posiciona claramente, junto com a CNTE e outros, na luta pela revogação da famigerada reforma do ensino médio e pelo cancelamento de  todas as reformas adotadas contra os trabalhadores, em nível nacional, pelos governos Temer e Bolsonaro (“reformas” trabalhista, da Previdência etc.) e, aqui em São Paulo, pelos governo Dória e outros tucanos (“reformas” da da Previdência, administrativa), que tantos prejuízos nos trouxeram. A frente aprovou na entidade e, junto com outros sindicatos, na Plenária Nacional da CNTE, o apoio e a participação na III Conferência Nacional dos Comitês de Luta a ser realizado, de 9 a 11 de junho próximo, em São Paulo,

Veja abaixo a edição desta semana do Boletim Educadores em Luta, em campanha pela Chapa 1.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.