Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Europa

As táticas nazistas de alguns ucranianos em Portugal

As táticas nazis de alguns ucranianos e dos seus apaniguados em Portugal estão em ação em Portugal com a complacência e mesmo a cumplicidade das autoridades

Azov

O terrorismo e as táticas nazis de alguns ucranianos e dos seus apaniguados em Portugal (sob a orientação de um confesso admirador do nazi Bandera e provável agente do SBU) estão em ação em Portugal com a complacência e mesmo a cumplicidade das autoridades.

Assim, as acusações de ativistas ucranianos já levaram o reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão, a despedir o professor russo Vladimir Pliassov, que liderava o Centro de Estudos Russos. Também se verificaram várias tentativas de impedir – ou no mínimo perturbar –, as reuniões de comemoração da vitória sobre a Alemanha nazi em manifesta postura anti democrática de cariz fascista.

O nosso PR discursa afirmando a sua devoção aos valores da democracia e liberdade e entretanto não mexe um dedo para evitar que os direitos constitucionais, que são permanentemente limitados, sejam repostos como seria o seu dever.

Nos canais de televisão nacionais vêem-se cada vez mais uns miseráveis pivôs, sem qualquer nível moral e cultural, a tentar impedir, aos poucos comentadores que tentam ser isentos e verdadeiros, a expressão de tudo o que saia do discurso propagandista vigente.

Sonega-se toda a informação com interesse, escondem-se e até se elogiam as evidências das atividades terroristas de alguns ucranianos em Portugal e noutros países da Europa e só assim se consegue que o nosso povo seja o pior informado da Europa e, consequentemente, um recetáculo aberto para a disseminação do ideário nazi-fascista.

Pouco falta (aliás já começou) para que seja um facto a perseguição e opróbrio de todos aqueles que tentam manter um mínimo de dignidade e elevação no meio da baixeza que reina na nossa classe política e académica. Contam-se pelos dedos de uma mão os que não se sujeitam ao miserabilismo da mentira e falsidade que campeiam na nossa sociedade.

Fico absolutamente enojado e envergonhado quando vejo um autointitulado antifascista – que até se arma em grande moralista –, a repreender os elementos de um partido de extrema-direita, e ir logo depois apertar a mão todo sorridente a um nazi e genocida, só para ficar bem na fotografia e tentar retirar vantagens políticas e sociais desse facto – um farsante, que infelizmente bem me enganou.

Ainda hei de ver alguns destes nossos “democracas” (tipo Ana Gomes, Álvaro Beleza, Marques Mentes, Paulo Portas e Santos Silva) a queimarem na praça pública as obras de Tolstoi, Pushkin e Constantino Simonov. Mas Deus é Grande e um dia prestarão contas ao Altíssimo por todas as suas malfeitorias…!

Fonte: Resistir.info

* Os artigos aqui reproduzidos não expressam necessariamente a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!


Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.