Literatura

9/12/1977: 46 anos da morte de Clarice Lispector

Escritora é considerada uma das mais influentes da literatura do século XX

Hoje, a morte da escritora Clarice Lispector completa 46 anos. Nascida Chaya Pinkhasovna Lispector em 10 de dezembro de 1920, na Ucrânia, foi uma renomada autora e jornalista brasileira, considerada uma das mais influentes da literatura do século XX. Fugindo da Guerra Civil Russa, sua família imigrou para o Brasil quando ela tinha apenas um ano de idade, fixando residência no Recife.

A autora passou a infância na capital pernambucana e, mais tarde, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde concluiu seus estudos, formando-se em Direito. Aos 23 anos, casou-se com o diplomata Maury Gurgel Valente, com quem teve dois filhos. A vida de diplomata levou Clarice a residir em diferentes países, como Estados Unidos, Itália e Suíça.

Clarice Lispector iniciou sua carreira literária como cronista e jornalista, mas foi com a publicação de seu primeiro romance, Perto do Coração Selvagem (1943), que conquistou reconhecimento e prêmios. A obra inovadora e intimista já revelava a originalidade de sua escrita, explorando as personagens e abordando temas como identidade, solidão e existência.

Outras obras notáveis de Clarice Lispector incluem O Lustre (1946), A Cidade Sitiada (1949) e A Maçã no Escuro (1961). Entretanto, foi com A Hora da Estrela (1977) que ela alcançou grande destaque. A obra fala de Macabéa, uma nordestina pobre que busca uma vida melhor no Rio de Janeiro.

Sua escrita é caracterizada por uma prosa poética, introspectiva e experimental, frequentemente desafiando as convenções literárias. Seu trabalho transcendeu fronteiras, conquistou leitores não apenas no Brasil, mas também ao redor do mundo.

Além de seus romances, Lispector também deixou um legado significativo como contista. Laços de Família (1960) é uma coletânea de contos que reforça sua habilidade em explorar a complexidade das relações humanas e a psicologia das personagens.

Faleceu em 9 de dezembro de 1977, um dia antes de completar 57 anos, deixando um impacto duradouro na literatura brasileira e sendo reconhecida como uma das grandes autoras do século XX.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.