Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Em pé de guerra

Ucrânia arma nazistas: de que lado a esquerda vai ficar?

A esquerda não pode nunca estar do lado do imperialismo, por isso deve denunciar as provocações do governo Biden contra Rússia e China


Essa semana o Congresso norte-americano discute a liberação de verbas para entregar um pacote de meio bilhão de dólares em armas para os ucranianos, o projeto de lei discutido se chama “Proteger a Ucrânia”. Uma pessoa desavisada poderia pensar que os EUA estão preocupados em proteger a Ucrânia de uma invasão dos russos. Falso. A Rússia está sendo cercada pelos países da OTAN e a política ultra agressiva dos Democratas está empurrando o país para uma guerra de sobrevivência contra os seus vizinhos.

A vitória de Biden nos Estados Unidos significou a volta dos Senhores da Guerra na Casa Branca. O presidente eleito é da ala imperialista que iniciou a guerra no Afeganistão, no Iraque, a Guerra do Golfo e muitas outras. Para eles a guerra é um negócio muito lucrativo e o principal meio de manter a soberania dos EUA no globo terrestre.

Enquanto Trump pisava no freio em relação às hostilidades contra outros países. Biden fez um giro de 180º e está empurrando China e Rússia contra a parede.

A Ucrânia foi vítima de um golpe alguns anos atrás impulsionada pelo próprio imperialismo, levando a extrema-direita anti-Rússia e aliado aos norte-americanos ao poder. Agora Biden está ameaçando incluir o país no Tratado do Atlântico Norte, Otan.

A OTAN vem expandindo para os limites da fronteira da Rússia desde a década de 90 incorporando diversos países do leste europeu.

Em 2008 foi a vez de incorporar a Ucrânia e a Geórgia, mas a França e a Alemanha se colocaram contra por considerarem uma provocação muito agressiva contra os russos.

Agora Biden ameaça novamente incluir a Ucrânia e com isso, cercará ainda mais os russos já rodeados de bases militares da Otan.
A lei “Proteger a Ucrânia” é mais uma provocação, assim como o submarino americano expulso pelos russos no último sábado (12). A detecção do submarino em águas russas foi uma grande violação internacional e quase uma declaração de guerra. Mas as agressões vão além. Na sexta-feira (11), os EUA enviaram cerca de 3 mil sodados para a Polônia.

Recentemente, o governo fascista da Ucrânia defendeu o envio de armamentos pesados para grupos de extrema direita e partidos com milicias facistas como o Partido Svoboda (Liberdade) e o Pravyi Sektor (Setor de Direita), entre muitos outros grupos de extrema direita e até defensores do Nazismo.

De que lado a esquerda deve ficar?

É preciso entender que toda guerra contra o imperialismo é uma guerra de sobrevivência Por mais que Putin possa invadir a Ucrânia e derrubar o governo nazista local, trata-se de uma medida de preservação contra as agressões norte-americanas.

A esquerda não pode nunca estar do lado do imperialismo. Trótski explicava que em um cenário hipotético que o imperialismo norte-americano invadisse a ditadura do Estado Novo no Brasil, a esquerda deveria ficar ao lado do regime semi-fascista de Vargas contra o imperialismo. Nada é pior para a classe trabalhadora do que a perda de seu próprio país nas mãos de um país imperialista. Nesse caso Rússia, e também China, devem ser defendidos e apoiados pela classe trabalhadora mundial. As provocações do governo Biden estão empurrando esses países para uma guerra e quer dobrá-los a força do domínio imperialista. Cabe a esquerda fazer a campanha contra o imperialismo e sair de defesa desses países.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.