Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Nenhuma novidade

Tragédia anunciada! Chove em Santa Catarina e povo fica ilhado

Trinta pessoas em um único bairro tiveram de ser resgatadas


Desde sábado (26), Santa Catarina registra chuvas intensas em ao menos quatro regiões do Estado. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta vermelho, válido até segunda-feira (28), para “risco de grandes alagamentos e transbordamentos de rios” e “grandes deslizamentos de encostas”.

Tal qual o aviso do Inmet, as chuvas causaram desastres no estado. Cerca de 30 pessoas, por exemplo, tiveram de ser resgatadas no domingo (27) em Santo Amaro da Imperatriz após ficarem ilhados em um sítio na cidade.

Entretanto, apesar da duração curta do aviso, o povo de Santa Catarina continua sendo afetado pela chuva na região. Na segunda-feira, as aulas nas cidades de Rio dos Cedros e Guaramirim precisaram ser canceladas por conta da obstrução de vias causada pela chuva. Além disso, pela manhã, em Palhoça, a Defesa Civil teve de agir em um deslizamento de terra na Rua Mariano Silva, no bairro Bela Vista, após um barraco ter cedido.

Em Blumenau, capital do estado, o mesmo acontece. Segundo a Defesa Civil, os bairros de Ponta Aguda, Nova Esperança, Itoupava Central, Ribeirão Fresco, Fortaleza, Escola Agrícola e Tribess foram os mais afetados pela chuva, onde algumas casas sofreram com infiltrações, a queda de muros e de árvores e também de deslizamentos.

É notável a quantidade de ocorrências já registradas. Ainda em Blumenau, os moradores foram recomendados pela Defesa Civil cuidado redobrado em decorrência dos deslizamentos já comunicados. Em Gaspar, já foram 11 casos, entre deslizamentos, alagamentos em via pública e residência, quedas de árvores e deslocamento de rochas.

Em São Bento do Sul, a situação é mais grave. A prefeitura da cidade decretou situação de emergência por conta do rompimento da rede de distribuição de água, que afetou o abastecimento em vários bairros. Houve, também, queda de muros e deslizamentos de terra.

Desde o golpe de Estado no Brasil, situações como a descrita vem tornando-se cada vez mais comuns não só em Santa Catarina, mas em todos os estados da Federação. A política golpista sucateou completamente a maior parte dos serviços públicos, impedindo a realização de reformas e de manutenção que possam garantir que cenas como as em questão não se repitam.

Só neste ano, por exemplo, chuvas em Petrópolis, no Rio de Janeiro, já deixaram quase 300 pessoas mortas. É uma verdadeira matança levada adiante pela burguesia que abandona completamente o povo em prol de seus próprios interesses: o dinheiro.

Em Santa Catarina isso fica ainda mais claro quando levamos em consideração que o governador do estado, Carlos Moisés, faz parte do Republicanos, outro partido que compõe o rol dos golpistas.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.