Dividir para dominar

Putin denuncia planos do imperialismo para dividir a Rússia

A tentativa de intervenção na Rússia tem fracassado, o governo russo tem tido apoio da população, mesmo a que está na Ucrânia

Duas notícias ocupam o cenário internacional sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia.

(1) A Rússia convocou 300 mil militares da reserva; (2)  Putin declara que os Estados Unidos querem destruir o governo russo e dividir o território em vários países menores.

Vítima de ataques internos feitos por investimento do imperialismo americano através de ONGs dentro da Rússia, a situação na Ucrânia chegou ao atual patamar de guerra, cujos habitantes sempre foram em grande parte russos. Temos hoje uma região de conflito onde a maioria da população é de russos que têm sido atacados, desde 2014, pelo governo ucranianao a mando dos Estados Unidos. Os 300 mil militares convocados serão para suprir militarmente o novo território russo que passará a existir a partir do referendo das regiões do Donbass, Kherson e Zaporozhye, esta semana. O desejo de dividir a Rússia não é compartilhado pelos habitantes das regiões em questão. As sanções americanas aos russos é para atingir a população local para que esta se volte contra o governo da Rússia, para o desestabilizar. Porém até o momento o tiro está saindo pela culatra.

O agressor na questão da guerra da Ucrânia é o imperialismo americano, que violou a soberania ucraniana com um golpe financiado que colocou o comediante Volodymyr Zelenski como presidente. É sabido que Victoria Nuland num vídeo à CNN  se gabou de ter conseguido 5 bilhões de dólares de investimento americano para comprar políticos e ativistas na Ucrânia para fomentar a divisão contra a Rússia, as pessoas que assumiram o novo governo após o golpe foram escolhidas a dedo por Nuland. Hoje, a linha defensiva do front de batalha no conflito resultante da investida dos imperialismo já se estende por aproximadamente 1 mil quilômetros, como no gráfico

(mapa do front de batalha)

No gráfico do Rybar (Рыбарь, do Telegram), atualizado diariamente, a maior parte da população das regiões independentes já votou favoravelmente à anexação e a apuração continua nesta semana. Há relatos de como está sendo feita a votação por soldados das Repúblicas independentes que lutam juntamente com o exército russo.

O processo é documentado e passível de verificação, o que revelaria o caráter anti democrático e agressor do imperialismo americano apoiado pela Europa quando declara que a comunidade internacional não aceitaria o referendo. https://t.me/rybar/39418

Vários jornalistas investigativos independentes e jornais russos denunciaram o alto investimento do imperialismo para influenciar e comprar políticos e ativistas dentro da própria Rússia para atacar o governo russo. Como sabemos hoje, o qe vale para a Rússia também vale para o Brasil, como no caso Boulos, político que recebe dinheiro de órgãos como o NED americano, para intervir em assuntos políticos internos brasileiros com o objetivo de dividir territorialmente e politicamente o país, como no conhecido caso da Amazônia e dos atos do “Não vai ter Copa”, justo no Brasil o país do futebol.

O caráter da operação russa na Ucrânia é defensivo pois a Rússia é uma economia capitalista atrasada porém, como todos os países com território grande, com grande potencial de se tornar uma potência, por dispor de recursos naturais suficientes para desenvolver qualquer indústria, e isso desperta a política agressiva dos Estados Unidos, que vê constantemente sua supremacia sendo diminuída,. Esta não é apenas a opinião do PCO, vários estudiosos da política externa mundial alertam para o caráter agressor da atuação da OTAN, órgão do imperialismo americano. Existe sim uma crítica interna e protestos contra a atuação de Putin na Ucrânia, mas por ele não ser mais contundente militarmente no conflito, como destaca a análise de Bernardo Wahl, professor de relações internacionais da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.