Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Lesa pátria

PSDB privatiza estradas no Mato Grosso do Sul

Capitalistas se beneficiarão com o escoamento da produção do estado, algo que deveria ser papel do Estado


O ministro da infraestrutura do governo Bolsonaro, em visita ao Mato Grosso do Sul, no último dia 29, autorizou, através de um convênio de delegação e em parceria com o governo estadual do PSDB, a entrega da rodovia estadual MS-112 e de trechos das BRs 158 e 436 para a espoliação da iniciativa privada no estado. Segundo afirmou o governo golpista, as rodovias serão levadas a leilão na Bovespa, Bolsa de Valores de São Paulo, no 10 de novembro, permitindo a iniciativa privada a exploração das vias.

Com a desculpa de estar entregando aos capitalistas um fundamental trecho de escoamento da produção do estado, o governo federal afirma que a ação promoverá maiores investimentos da iniciativa privada na infraestrutura do local. No entanto, o que fica claro já nos primeiros acordos é que, no lugar de investir, a entrega das rodovias que abrangem um total de seis municípios – Cassilândia, Paranaíba, Aparecida do Taboado, Inocência, Selvíria e Três Lagoas – servirá para potencializar os lucros da iniciativa privada que já preveem a construção de ao menos seis pedágios nas rodovias, totalizando 412 quilômetros de privatização.

Como não bastasse a entrega de um trecho de extrema importância para economia local, o governo federal faz isso enquanto entrega, após mais de R$ 15,6 milhões de investimentos, novas áreas pavimentadas das mesmas rodovias que serão entregues, sem qualquer custo a mais, para a iniciativa privada. Além disso, até o fim do leilão, estão previstos mais investimentos milionários, que terão como função entregar para a iniciativa privada toda uma estrutura sem qualquer necessidade de investimento prévio, um verdadeiro presente para os capitalistas que lucrarão rios de dinheiro em cima do escoamento de toda produção no estado do Mato Grosso do Sul.

Sendo vendidas a um preço simbólico, o governo federal aprofunda, nesta reta final de mandato do golpista Jair Bolsonaro, uma grande onda de entregas do patrimônio nacional para as mãos da iniciativa privada. Os capitalistas já ganharam de presente a Eletrobras, parte da Petrobras e, agora, também ganham as rodovias nacionais. Além disso, a ação revela a política destruidora do PSDB para a economia nacional. Os tucanos privatistas, em todos os lugares, vêm entregando o que resta de patrimônio nacional para os tubarões financeiros, em uma política de destruição da economia brasileira.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.