Por quê estou vendo anúncios no DCO?

"Responsabilidade fiscal"

Pergunta difícil: o povo ou os bancos?

Em meio a campanha voltada para uma série de reformas econômicas na reta final do segundo turno, a imprensa burguesa agora tem como preocupação chantagear Lula na área econômica


Com a vitória dos trabalhadores nas eleições, derrotando Bolsonaro e elegendo um novo governo Lula, a burguesia tem com preocupação número um a política econômica a ser adotada no próximo período, ainda mais com as crescentes reivindicações feitas pelos trabalhadores e prometidas por Lula, como aumento real do salário mínimo, aumento no Bolsa Família, auxílios e uma reindustrialização do País.

Em meio a campanha voltada para uma série de reformas econômicas na reta final do segundo turno, a imprensa burguesa agora tem como preocupação chantagear Lula e visa criar um clima de que é necessário um maior comprometimento do petista com o mercado financeiro. Com tantas promessas por parte de Lula aos trabalhadores, os capitalistas sabem que, para realizá-las, Lula terá que adotar uma política diferente do que fez em 2002, e precisará entrar em confronto com os bancos privados do País.

O principal parasita da economia nacional são os bancos, que drenam para si grande parte do dinheiro distribuído pelo Estado brasileiro. Em uma política de rapina, os bancos são um dos grandes impulsionadores da desindustrialização do País e, agora, vem exigir seu lugar no novo governo petista.

Segundo Cleveland Prates, ex-conselheiro do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, é necessário que o governo Lula tenha “responsabilidade fiscal”, ou seja, garanta os altos lucros dos bancos privados no País. O colunista do UOL ainda afirmou que Lula foi um dos culpados pela crise econômica vivida no País atualmente e crítica diretamente a política de intervenção do Estado nacional para promover a reindustrialização do Brasil, do qual chama de “velhos desenvolvimentistas”.

Ou seja, para o economista, é necessário defender as medidas econômicas que o regime golpista estava colocando em marcha, se opor à política de desenvolvimento nacional e ter como único objetivo manter uma “responsabilidade fiscal”, que na linguagem econômica, tem como único significado a “responsabilidade com os bancos”.

É com esta política golpista que a imprensa burguesa busca pressionar o governo Lula que sequer assumiu o poder ainda. No lugar de políticas sociais e de desenvolver o País, reivindicações chave que garantiram a vitória de Lula contra o golpe, seria necessário defender os lucros dos bancos e a política de sanguessugas do capital financeiro, destruindo assim a economia nacional, empobrecendo o povo, mas garantindo os lucros dos banqueiros e especuladores estrangeiros.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.