Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Regime escravocrata

Patrões de frigoríficos cortam direito dos trabalhadores

Os frigoríficos estão lucrando com o suor e sangue dos trabalhadores


Os donos dos frigoríficos, que, ao longo dos anos, principalmente no período da pandemia do coronavírus, elevaram o preço de seus produtos muito acima da inflação do país, chegando, em determinados casos a triplicar o seu valor nesse período, sem qualquer pudor, vêm retirando os direitos dos trabalhadores, conquistados ao longo de vários anos.

Este é o caso do Frigorífico Coringa, mas temos vários outros. Em artigo recente neste Diário, foi mostrado que no terceiro trimestre a JBS obteve um lucro de R$7,6 bilhões e no acumulado dos três primeiros trimestres de 2021 soma-se R$14 bilhões. O Coringa, como não precisa divulgar ao público o seu lucro, não tem como divulgá-lo, mas sabe-se que a indústria ampliou sua fábrica. No entanto, durante todo esse período, em que os produtos derivados da carne ultrapassaram os 100% e, mesmo com a inflação manipulada durante todo esse tempo, o que equivaleria à cerca de 20%, os patrões gananciosos repassaram somente 3%. E não para por aí.

A empresa, de uma hora para outra, sem prévio aviso, cortou os convênios médico e odontológico dos operários, principalmente num momento em que a pandemia se alastrava, bem como, as inúmeras sequelas que a COVID-19 trouxe ao conjunto dos trabalhadores.

Os patrões que financiaram o golpe de Estado estão recebendo do seu governo tudo de volta: ataques aos trabalhadores, a reforma trabalhistas, a reforma da Previdência etc.

Rasgaram a CLT

Nesse sentido, os patrões dos frigoríficos estão intensificando o trabalho escravo em suas fábricas e essa é uma questão constantemente denunciada pelos operários, bem como o fato de os horários extrapolarem o limite da capacidade física do ser humano, muito acima do permitido por lei.

O adicional noturno é totalmente ignorado, ou seja, os operários trabalham como estivessem no período diurno, ou seja, em regime de 8h00.

Os patrões rasgaram toda e qualquer legislação que consta da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e que minimamente resguardava ao trabalhador algum direito.

É necessária uma intensa mobilização dos trabalhadores dos frigoríficos contra os escravagistas do século XXI.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carne, Derivados e do Frio no Estado de São Paulo está percorrendo o setor com o Boletim Faca Afiada e debatendo com os operários sobre os inúmeros problemas, tendo como fim reverter toda essa sorte de coisas. Além desses problemas, nas reuniões, também, está sendo impulsionada a campanha salarial de emergência de 30%, com objetivo recompor parte das perdas oriundas da política nefasta imposta pelos patrões e levada a cabo pelo governo golpista do fascista Bolsonaro.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.