Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Mobilização

Para eleger Lula, é preciso uma esquerda antissistema

Esquerda precisa de um programa que rompa com o regime estabelecido e defende os reais interesses do povo


No mundo todo a crise do imperialismo tem intensificado a polarização política. Em oposição aos partidos identificados com o sistema vigente, o povo tem se deslocado para os polos. No entanto, devido à política confusa da esquerda quem mais tem capitalizado esse deslocamento é a extrema-direita. Enquanto a esquerda pequeno-burguesa aparece defendendo a “democracia” e as instituições burguesa, a extrema-direita fala de problemas reais da população e se apresenta como antissistema.

No Brasil temos uma liderança de esquerda, popular e que superou uma campanha intensa de perseguição, incluindo uma longa prisão. Uma liderança que se choca, querendo ele ou não, com a política imposta pelo imperialismo para o país. Em outras palavras, uma liderança antissistema. Esse é um fator muito importante para explicar a popularidade de Lula. O povo enxerga nele uma contraposição à essa política de terra arrasada do neoliberalismo. Ao contrário da extrema-direita, sua defesa das condições de vida da população são genuínas.

Porém, seguindo a tendência mundial da esquerda, a candidatura de Lula tem feito um enorme esforço para desperdiçar esse trunfo político. Quanto mais Lula e o PT se deslocam para a direita, menos atraem o povo para seu lado na disputa com a direita. Essa tentativa de aparecerem identificados com esse sistema que o povo odeia, adaptados ao regime político que atua contra os trabalhadores, vai tirando a esquerda de um dos polos da situação. Misturada com a direita tradicional, a esquerda entrega o posto de “antissistema” de graça para as demagogias da extrema-direita.

Cada vez fica mais claro que a eleição deste ano não será um passeio, como muitos na esquerda vinham pregando. A direita conta com todo o poder da burguesia e das suas instituições, a esquerda só é capaz de equilibrar a disputa se tiver o povo mobilizado ao seu lado. Só com muita mobilização será possível impor uma vitória eleitoral de Lula. Mas como levar o povo às ruas ao lado de Alckmin, Paulinho da Força e qualquer outro bandoleiro da direita?

Para que a população se sinta estimulada a ocupar as ruas e eleger Lula, ela precisa saber que está batendo de frente com o sistema que a esmaga cotidianamente. O nível de vida do povo brasileiro não para de cair e contra isso as pessoas têm disposição de comprar a briga. Agora, se for para defender a “democracia”, as instituições burguesas e esse regime político falido, para que o povo vai se mobilizar? Para defender tudo de ruim que já acontece?

Para sobreviver, a esquerda precisa se descolar das ratazanas da direita tradicional, romper com a farsa do regime político burguês, se apresentar como “antissistema”, como quem se contrapõe a toda patifaria que é feita com a população. Se não vão defender um programa revolucionário, que pelo menos façam uma defesa séria e decidida em torno dos interesses reais dos trabalhadores. Aí sim é possível um levante massivo nas ruas, somente dessa forma é possível eleger Lula.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.