Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Educação

Orçamento previsto para as universidades é o menor em 10 anos

O investimento em ensino superior público e pesquisa também caiu 58% entre 2014 e 2023


Segundo um levantamento feito pelo Observatório do Conhecimento, o investimento previsto para as universidades federais em 2023 é o menor em 10 anos. São apenas R$ 5,39 bilhões para gastos como investimentos e financiamentos.

Para que se tenha uma ideia do valor, no ano de 2014, o primeiro no qual a organização, uma rede formada por associações e sindicatos de docentes de universidades, fez um levantamento do orçamento, eram cerca de R$ 13,94 bilhões —o valor é mais que o dobro daquele planejado para o próximo ano; se considerada a inflação, há uma redução de quase 75%.

As universidades foram um dos setores mais prejudicados pelo governo Bolsonaro. Foram inúmeros cortes feitos periodicamente que colocaram em risco o fechamento das instituições pelo País inteiro, durante todos os quatro anos de governo.

As universidades, assim como as escolas e outros serviços públicos de maneira geral, foram sucateados ao extremo, abrindo diversos pretextos para a falta de investimento do governo, que alegava que esses serviços eram inúteis e que, portanto, era necessária sua privatização, apesar de toda a importância dos serviços para a população, que não tem como pagar por atendimentos privados.

Investimentos foram retirados, salários foram reduzidos e os estudantes ficaram a mercê da sorte, com moradias estudantis em péssimas condições, restaurantes universitários muitas vezes fechados e uma infraestrutura extremamente precária para o aprendizado dos alunos.

O orçamento para as universidades, conforme o mesmo relatório do Observatório do Conhecimento, vem decaindo a cada ano. É possível afirmar que esse seja o menor orçamento em muito mais tempo, uma vez que a organização só começou a realizar o relatório em 2014, ano no qual o planejamento vinha em uma alta considerável se comparado com os dias de hoje.

O estudo também aponta que, para o investimento em ensino superior público e pesquisa, caiu 58% entre 2014 e 2023, passando de R$ 40,76 bilhões para R$ 17,10 bilhões — mais uma baixa significativa na conta de Michel Temer e Jair Bolsonaro. Na época em que a pesquisa foi feita pela primeira vez começavam também as tentativas assíduas de desestabilização do governo Dilma, o qual seria derrubado por um golpe em 2016.

Para reverter essa situação, o governo Lula deve romper o Teto de Gastos. O dinheiro do orçamento federal não tem que ir para os banqueiros, para a burguesia ou para os especuladores, mas sim para o povo, com investimento em saúde, educação, infraestrutura e tudo mais o que seja necessário, com quanto dinheiro for necessário gastar.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.