Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Programa Marxismo nº 66

No Marxismo dessa sexta, Rui Pimenta analisou a questão do Estado

O caráter do Estado - Marxismo, com Rui Costa Pimenta nº 66 - 16/12/22


O programa Marxismo da última sexta-feira (16) apresentou como tema a questão do Estado, algo que tem sido muito discutido ultimamente, principalmente no que diz respeito à repressão estatal, assunto constante nas redes sociais e na imprensa burguesa e pequeno-burguesa em geral.

É praticamente constante o apoio da esquerda pequeno-burguesa à repressão pelas instituições do Estado. Um assunto chave foi o Inquérito das Fake News, que adquiriu caráter moral para a esquerda que saiu em defesa de que fossem punidos pelos tribunais todos aqueles que levantassem a bandeira do bolsonarismo. Nesse apoio à repressão pelo Estado contra a direita, não se levou em conta em nenhum momento que essa mesma repressão doravante destinada à direita teria como consequência a mesma repressão dedicada à esquerda pelo burguesia.

O dirigente e jornalista Rui Costa Pimenta, presidente do Partido da Causa Operária (PCO), destaca logo de cara que:

 “Uma coisa que todo mundo entende, mesmo aqueles que não são marxistas, porque é muito óbvio, muito difícil de não pegar essa característica do Estado, é que o Estado é um estado de classe; portanto, num país como o Brasil, que essencialmente é um país capitalista, o Estado brasileiro é um Estado capitalista, um Estado burguês.”

O Estado brasileiro, portanto, é dividido em classes e uma classe é mais bem quista que a outra. É um estado dominado pela burguesia capitalista que advoga, consequentemente, em prol das políticas da direita. Nesse sentido, uma repressão real do Estado contra a burguesia é, por definição, inviável.

Continua a explanação de Rui:

“Em primeiro lugar, nós temos que dizer o seguinte, que o estado capitalista é a organização central, digamos assim, basicamente é o núcleo fundamental de organização política da classe capitalista.”

A conclusão imediata é que a burguesia se aquartelou com a criação do Estado e há, portanto, um equívoco muito grande da esquerda achar que a burguesia vai usar o Estado que ela domina para reprimir os seus semelhantes, a saber, a própria burguesia, os empresários que apoiam o bolsonarismo, simplesmente porque um partido de esquerda ganhou as eleições presidenciais. É um equívoco que pode ter graves consequências.

“Eu acho que uma coisa que confunde muitas pessoas é que, excepcionalmente, o Estado capitalista pode ter na sua direção um partido de esquerda, mas a presença do partido de esquerda não anula as características gerais do Estado, que vão muito além do governo. O governo é apenas uma peça desse Estado”, afirmou o presidente do PCO.

Nesse rumo tomado pela esquerda de apoio à repressão, ela está dando um passe livre à repressão que será cometida contra ela própria pela burguesia, nos passos seguintes, como destaca Pimenta ao afirmar que “Se o estado capitalista adquire poderes extraordinários para reprimir a extrema-direita, ele vai reprimir com força quadruplicada, decuplicada a classe operária brasileira”.

Destaca-se que um grupo sem ideologia que advoga pertencer à esquerda e comete o erro de agir com o mesmo moralismo e comportamento fascista da direita tende a receber de volta a repressão com força muitas vezes maior do que apoiou que se fizesse contra o bolsonarismo, que é uma força política burguesa. A burguesia não pretende lutar contra si mesma, já a esquerda, está perdida e sem ideologia, uma alvo fácil para a repressão estatal.

Assista na íntegra o programa Marxismo do dia 16 para desvendar o que fazer e como se posicionar diante da opressão burguesa. O programa ocorre todas às sextas-feiras ao meio dia, discutindo os temas mais pertinentes aos dias de hoje da doutrina marxista.

Você pode também copiar e colar o link ao lado no seu navegador preferido: https://youtu.be/3kPB5XlLCXU

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.