Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ceasa

Moradores saqueiam Ceasa no Rio de Janeiro

Moradores do Rio de Janeiro com fome saqueiam Ceasa


Nessa segunda-feira, dia 31 de outubro, houve um incêndio no Ceasa do Rio de Janeiro. Em meio ao incêndio, houve saques de algumas lojas. Isso é reflexo da crise, que é enorme entre os trabalhadores. Para não morrerem de fome, precisam saquear supermercados. É um reflexo da convulsão social pós-golpe.

Em meio à confusão, os trabalhadores que estão famintos começaram a saquear o Ceasa, os alimentos subiram muito em relação aos salários, com isso, os trabalhadores não conseguem comprar comida suficiente para se alimentar e alimentar seus filhos. Em média muitos produtos básicos aumentaram cerca de 10%.

Um vídeo que circula no Twitter mostra o momento dos saques no Ceasa e a imensa pobreza e a fome que vêm assolando o país.

https://twitter.com/favelacaiunofa1?t=g8r4–s99zjJZQmdwNq7cg&s=08

Os saques eram frequentes no governo FHC, que aplicou sua política neoliberal que jogou milhares de pessoas na mais completa fome.

Com a retomada da política neoliberal pelos governos Temer e Bolsonaro, o povo está morrendo de fome. Os saques são  um sintoma claro dessa situação. Durante esse ano vimos pessoas atacando caminhões de lixo devido à fome extrema.

Os seguranças atiraram para cima para tentar conter a multidão, porém  não conseguiram pois a miséria tem colocado diversas famílias em desespero. É preciso ir além das políticas sociais de assistência, é preciso que haja uma política de geração de empregos e aumento do salário mínimo em 100%, pois de acordo com o Dieese o salário mínimo deveria ser de mais de 6 mil reais para sustentar uma família de quatro pessoas, porém a maioria das famílias vive com uma média de 3 mil reais.

O golpe aprofundou as desigualdades que já eram enormes no Brasil, um país atrasado onde quem sempre paga a conta pela crise são os trabalhadores. Com a vitória de Lula, é preciso que seu governo reflita a luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho e vida. É preciso reestatizar as empresas privatizadas, retomar nossas riquezas que foram roubadas, como a Vale do Rio Doce.

Somente a luta dos trabalhadores vai por fim a essas situações de desespero onde o povo precisa saquear para se alimentar. Se existe alimento suficiente para matar a fome do mundo, a distribuição deve ser feita. Ver mercados lotados e gente passando fome é um absurdo.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.