Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Questão de soberania

Manifestantes protestam contra projeto dos EUA no Nepal

População e partidos temem prejuízo da soberania do país asiático


─ Sputnik News ─ Em 2017 o Nepal assinou um pacto de desenvolvimento com os EUA com o objetivo de desenvolver as infraestruturas do país. No entanto, críticos nepaleses apontam que isso faz parte da estratégia antichinesa norte-americana.

O Partido Comunista do Nepal (Centro Maoísta) advertiu que deixará o governo se o Nepal Compacto da Corporação de Desafio do Milênio (MCC, na sigla em inglês), um subsídio assinado em 2017 com os EUA, for aprovado.

O projeto visa manter a “qualidade das estradas, aumentar a disponibilidade e fiabilidade da eletricidade e facilitar o comércio de eletricidade transfronteiriço entre o Nepal e a Índia”.

Na sexta-feira (11), o jornal The Print indicou que os EUA deram o prazo de 28 de fevereiro para ratificar o pacto. Caso contrário, Washington reconsideraria os laços com Kathmandu. Donald Lu, vice-secretário de Estado adjunto, disse na última quinta-feira (10) que “os EUA considerariam haver o interesse da China por trás do falhanço do Nepal em ratificar o Compacto”.

Sher Deuba, que se tornou primeiro-ministro do Nepal em julho de 2021, assegurou Washington que o Nepal Compacto da MCC seria ratificado no parlamento do país durante sua atual sessão. Já vários parceiros da coalizão governista e a oposição creem que o projeto minará a Constituição nepalesa e que os EUA usarão o solo do país asiático contra a China como parte da Estratégia Indo-Pacífica norte-americana.

Na quarta-feira (16), a agência britânica Reuters relatou, citando funcionários governamentais nepaleses, que manifestantes contra o projeto enfrentaram, que usou gás lacrimogêneo e canhões d’água para os impedir de chegarem ao parlamento. Segundo a agência norte-americana Associated Press, os agentes de segurança também aplicaram bastões de bambu. Os manifestantes usaram pedras em resposta ao bloqueio policial.

123 ativistas foram relatados como detidos e nove policiais ficaram feridos durante os confrontos. As estradas que levam aos prédios parlamentares foram bloqueadas por horas, enquanto uma greve geral convocada pelos manifestantes fechou as escolas e perturbou o transporte no país.

O Artigo 7.1 do Compacto prevê: “As partes entendem que este Compacto, após entrar em vigor prevalecerá sobre as leis internas do Nepal”. Apesar disso, a embaixada dos EUA assegura que o subsídio vem “sem compromissos, sem taxas de juros e sem cláusulas ocultas. Tudo o que o Nepal tem que fazer é se comprometer a gastar o dinheiro, com transparência, nos projetos que foram acordados”.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.