Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Campanha imunda

Globo estreia série sobre Celso Daniel para atacar Lula e o PT

Rede Globo pretende lançar documentário sobre o assassinato de Celso Daniel para atacar Lula e o PT

celso daniel

Hoje (27/01), em uma das principais plataformas da imprensa golpista, a Globoplay, está sendo lançada a série “O caso Celso Daniel”, que aborda o assassinato do prefeito petista de Santo André no ano de 2002. Até os dias de hoje, os acontecimentos são obscuros, contudo, uma coisa é certa: o caso está sendo usado há 20 anos para caluniar o ex-presidente Lula que é constantemente associado ao crime pela direita. O lançamento da série no ano eleitoral é claro, assim como ocorreu em 2018 com a série “O Mecanismo”, exaltando a lava-jato, a burguesia começa sua campanha sórdida para impedir a vitória de Lula.

Celso Augusto Daniel nasceu em 1951 na cidade de Santo André, uma das mais importantes cidades operárias do Brasil. Na década de 1970 se graduou em filosofia na USP e se filiou ao PT em 1980, ano de sua fundação. Em 1982, nas primeiras eleições municipais após o golpe de 1964 ,se candidatou a prefeito, mas foi derrotado por Newton da Costa Brandão, do PTB. Já em 1988 se candidatou novamente e venceu a eleição, tornando-se prefeito de Santo André pela primeira vez. Em 1994, foi eleito deputado federal e, em 1997, foi novamente eleito prefeito de Santo André. Ele ocupou o cargo até o seu assassinato em 2002.

No dia 18 de janeiro, Celso Daniel foi sequestrado e posteriormente assassinado. De acordo com o inquérito da Polícia Civil ,o crime foi realizado por membros de uma quadrilha e sem intuitos políticos. Nunca é possível depositar confiança na versão da polícia; contudo, a direita conseguiu ser ainda pior que as forças de repressão, criando o boato de que Lula e o próprio PT estariam por trás do assassinato de um de seus companheiros. Essa é a versão que muito provavelmente será apresentada pela nova série da Globo.

No ano de 2019 a revista Veja publicou um artigo já requentando a antiga calúnia intitulado de “O PT, o PCC e a morte de Celso Daniel”. Nesse texto, a imprensa golpista afirma que Lula foi mandante do assassinato, que o operador financeiro do PT foi subornado com 6 milhões de reais, que o motivo por trás do assassinato seria de que o prefeito denunciaria um escândalo de corrupção do PT e que o partido já estava se aproximando da organização criminosa PCC desde o ano 2000, sendo esse assassinato uma de suas parcerias. Tamanha acusação veio com fartas evidências, um depoimento de Marcos Valério, um empresário usado pelo processo do mensalão para atacar o PT.

Não é possível esperar mais que isso de uma série produzida pela imprensa golpista em um ano eleitoral. Aqui vale recapitular as eleições de 2018 e a série da Netflix “O Mecanismo”. No dia 23 de março, apenas 2 semanas antes da prisão ilegal de Lula, estreou a grande produção dessa empresa norte americana. Nela, os protagonistas são a Polícia Federal e o Judiciário, sendo Sergio Moro um dos personagens mais destacados da série. Os inimigos? Os corruptos com destaque para Lula e Dilma, que no primeiro episodio já aparecem literalmente trocando malas de dinheiro. A campanha golpista foi tamanha que ao personagem de Lula foi dada uma fala do senador do Romero Jucá, do MDB, de que era preciso “estancar a sangria”.

Em pleno ano eleitoral uma empresa norte-americana investe milhões em uma campanha eleitoral disfarçada em defesa da Lava Jato e contra o ex presidente Lula, que naquele momento era candidato a presidência. O mesmo filme se repete agora em 2022, ano em que a situação política está ainda mais polarizada e a carta da prisão de Lula para removê-lo das eleições dificilmente será lançada novamente. Uma gigantesca propaganda caluniosa, assim como foi feito nas eleições de 1989, será necessária para evitar que o candidato mais popular do Brasil seja vitorioso assim derrotando os golpistas de 2016.

O anúncio da série em pleno janeiro apresenta um aspecto importante, a calmaria política que se instaurou desde o fim dos grandes atos de rua por fora Bolsonaro (e por Lula presidente pelo clamor das bases) em 2021 está agora dando lugar a guerra aberta. O Estado de S. Paulo já virou seus canhões contra o ex presidente, e agora O Globo. Num futuro próximo, é provável que toda a imprensa burguesa nacional, em conjunto com setores da imprensa da esquerda golpista, como o DCM, estejam atacando Lula com toda a sua força. A conjuntura mundial deixa muito claro que o imperialismo não aceitará o retorno do ex presidente sem que haja uma gigantesca luta da população.

Em Honduras, onde o presidente Zelaya foi derrubado por um golpe de Estado organizado por Obama-Biden em 2009, foram necessários 10 anos e uma enorme mobilização popular para reeleger uma Xiamara Castro, aliada de Zelaya. Mesmo assim, antes mesmo de ela assumir, se iniciaram as manobras golpistas. Na Bolívia, o processo é semelhante, foi necessária a convocação de um grande ato por Evo Morales para evitar as investidas golpistas. O imperialismo é tão intolerante com qualquer regime nacionalista que esta quase lançando uma guerra aberta na Ucrânia para atacar a Rússia. Com tamanhos confrontos mundiais não existe outra opção, a guerra política no Brasil esta prestes a começa e só a mobilização da classe operária tem a capacidade de vencer.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.