Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Culpa da Natureza?

Falência total: 56 mil desabrigados por chuvas em Alagoas

É certo que desastres naturais acontecem, o problema é quando o Estado não investe em prevenção e deixa a população à própria sorte


Desde maio de 2022, o estado de Alagoas vem registrando chuvas intensas em diversas regiões. As últimas registradas nessa intensidade foram em 2010. Então, diversas catástrofes foram causadas pela chuva intensa, porém nada de efetivo foi feito, apenas paliativos.

É sabido que em alguns tipos de relevo não se recomenda a construção de casas. Porém, a população pobre, frente à especulação imobiliária, não tem escolha e é obrigada a viver nestes lugares. Infelizmente uma tragédia anunciada ignorada pelo poder público.

As chuvas, que deveriam ser algo corriqueiro e bem-vindo pela população, já causaram algumas mortes e milhões de desabrigados. Até agora, foi registrado pelo menos seis mortes e mais de 56 mil desabrigados nas diversas regiões do estado. Mais da metade dos municípios estão em situação de emergência. Situação que poderia ter sido facilmente evitada. Até o momento, entretanto, o governo só fez medidas frouxas, como colocar milhares de pessoas em escolas e ofereceram uma mixaria para a reconstrução das suas casas.

É preciso que as prefeituras reconstruam as casas das pessoas, pois muitas perderam tudo. Decerto que, além disso, cestas básicas e auxílio de 2 mil são necessários, porém não resolvem a situação.

Desde o começo do ano, estamos vivendo essa calamidade pública. O Estado está falido, praticamente toda a verba vai para o bolso dos bancos parasitas com o pagamento das dívidas, e a população fica sem assistência.

O problemas não é somente em Alagoas, pois outros estados do Nordeste estão em situação de calamidade pública devido ainda às chuvas do primeiro semestre de 2022. O abandono também é igual: dinheiro para  banqueiro e a população entregue a própria sorte.

No estado de Pernambuco, mais de 33 municípios foram afetados pelas chuvas. São mais de 10 mil pessoas desalojadas e desabrigadas e uma morte. Algo que poderia ter sido evitado com a construção de barragens. Entretanto, das 5 prometidas, somente uma foi construída.

É preciso dar um basta a essa situação. A população tem que exigir que Estado invista em obras públicas em vez de alimentar tubarões. Somente a mobilização dos trabalhadores vai pôr em xeque essa situação, pois em ano eleitoral vale qualquer demagogia para ganhar a eleição, e isso a burguesia faz sempre.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.