Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Imperialismo

EUA participou de esquema milionário de corrupção no Afeganistão

Funcionários do governo afegão apoiados pelos EUA ajudaram quadrilha de contrabandistas a tirar mais de US$ 800 milhões do Afeganistão pouco tempo antes do Talibã chegar ao poder


RT, tradução do DCO Funcionários do governo afegão apoiados pelos EUA ajudaram uma quadrilha de contrabandistas a tirar mais de US$ 800 milhões do Afeganistão nos anos anteriores à tomada do poder pelo Talibã, informou o Business Insider na terça-feira.

Citando uma coleção de documentos que a agência obteve de ex-funcionários afegãos, revelou que o dinheiro foi transportado principalmente por uma passagem de fronteira para o vizinho do norte do país, o Uzbequistão. O Business Insider o descreveu como “um rio de dinheiro fluindo” do Afeganistão.

O dinheiro nunca foi declarado às autoridades do país, mas foi relatado aos agentes alfandegários uzbeques do outro lado da fronteira, disse a agência, acrescentando que teve acesso a um total de 457 páginas de registros detalhando o fluxo de caixa.

De acordo com os formulários da alfândega uzbeque, grande parte do dinheiro contrabandeado dessa forma tinha como destino os Emirados Árabes Unidos, para onde muitos altos funcionários afegãos, incluindo o presidente deposto, Ashraf Ghani, e sua família fugiram pouco antes da tomada do poder pelos talibãs.

A soma de dinheiro contrabandeada do Afeganistão durante esse período totalizou US$ 884 milhões, o que representa cerca de 4% do PIB nacional, segundo o artigo. Também excedeu o financiamento anual de assistência humanitária dos EUA para o país, acrescentou a mídia.

Os EUA estavam bem cientes da corrupção generalizada dentro do governo afegão, mas pouco fizeram para detê-la, afirmou o Business Insider. Diplomatas americanos expressaram suas preocupações sobre o assunto no “círculo interno do presidente” a autoridades afegãs em março de 2021. A questão também foi levantada repetidamente no relatório final do Grupo de Estudos Afegãos dos EUA e nas investigações do Inspetor Geral Especial para Reconstrução do Afeganistão. (SIGAR).

No entanto, quando as autoridades afegãs que investigavam a quadrilha de contrabando abordaram a Embaixada dos EUA e os diplomatas da UE depois de serem ignoradas pelo governo de Ghani, elas também não fizeram nada a respeito, observou o artigo. Em vez disso, os próprios investigadores começaram a receber ameaças de morte.

Ghani foi anteriormente acusado de fugir do Afeganistão com muito dinheiro. Os republicanos do Comitê de Supervisão da Câmara conclamaram o procurador-geral em 2021 a investigar relatos sobre Ghani supostamente fugindo de Cabul “com sacolas cheias de $ 169 milhões”. O próprio presidente deposto nega todas essas acusações.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.