Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Publicação

Dossiê Causa Operária lança sua segunda edição

Futebol, política e imperialismo é o tema principal


Já está no ar a mais nova edição do Dossiê Causa Operária! A publicação do Partido da Causa Operária está em sua segunda edição e tem como tema principal “Futebol, política e imperialismo”.

A primeira edição do Dossiê contou com uma inauguração no antigo CCBP, em São Paulo, que foi transmitida na Causa Operária TV (Canal Reserva), com a participação dos redatores da publicação e do companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO. Durante a inauguração foi feita uma exposição sobre a importância da imprensa operária e o porquê de o PCO ter decidido lançar o Dossiê.

A segunda edição da publicação ocorre em tempo de Copa do Mundo, que este ano ocorre no Catar. Com o Brasil sendo o favorito para ganhar a Copa e trazer o Hexa para casa, os ataques imperialistas ao futebol aumentam, tornando necessário que se revisite, mais uma vez, as posições do partido sobre futebol, cultura nacional e a política envolvida por trás de tudo isso.

Dito isso, o Dossiê coloca como artigo principal o tema “Futebol, política e imperialismo” para sua segunda edição. São três matérias detalhadíssimas sobre a questão: uma dedicada a contar toda a história do futebol através das copas do mundo; outra dedicada a e explicar e rebater as críticas ao Catar e, por último, uma sobre porque o imperialismo ataca tanto os países oprimidos durante o evento esportivo, seja os que o sediam ou os que participam.

Mas não apenas de futebol se forma o Dossiê. A publicação se propõe a ser algo mais aprofundado do que aborda de maneira detalhada os últimos acontecimentos no Brasil e no mundo, assim como temas relacionados à cultura e à história.

Do lado internacional, a publicação irá tratar da situação atual de países como Itália, Estados Unidos, Reino Unido, Israel e Arábia Saudita, além de assuntos culturais e históricos internacionais.

Nos EUA, o tema principal gira em torno da instabilidade causada pela candidatura de Donald Trump às eleições de 2024 no país, assim como a briga entre setores da burguesia para manter o controle do governo do país mais importante do mundo.

Já quanto a Itália, o tema principal do artigo é sobre a crise no regime local, com foco na subida de Giorgia Meloni, do partido de extrema-direita Fratelli d’Italia, ao poder, e colocações sobre seu futuro governo em comparação com os primeiros-ministros anteriores.

Quanto ao Reino Unido, o principal tema abordado na matéria são as tentativas de golpe dentro do Partido Trabalhista para eliminar sua ala esquerda, uma vez que, com o colapso do Partido Conservador, o primeiro suba ao poder.

Em Israel, o tema gira em torno da volta de Netanyahu, primeiro-ministro, ao poder no país, assim como os rumos da política e da burguesia por conta do acontecimento, tratando também de como ficará a população oprimida do local e o apoio do imperialismo ao líder.

Já o artigo sobre a Arábia Saudita coloca em questão os desafios do imperialismo para controlar a região do Oriente Médio, sobretudo numa situação onde o governo Bin Salman se afasta dos Estados Unidos, colocando em risco sua aliança de décadas.

Outro artigo que integra o Dossiê Causa Operária é o texto que realiza um balanço sobre a COP27. O evento, organizado pelo imperialismo, faz parte uma demagogia barata para dizer que os países desenvolvidos estão fazendo alguma coisa pelo meio ambiente.

Ainda na questão internacional, porém mais para o lado histórico, temos também um artigo que detalha o acontecimento da marcha sobre Roma, ação do fascista Mussolini na Itália, em 1922, antes de sua subida ao  poder, falando sobre a ascensão do fascismo na Europa e detalhando o acontecimento.

Saindo um pouco do âmbito internacional, temos também um artigo dedicado ao problema da dívida pública no Brasil. Como já apresentado pelo companheiro Rui em uma de suas análises, quase metade do dinheiro do orçamento federal vai apenas para o pagamento de juros e amortização da dívida pública, enquanto saúde, educação e outras áreas não possuem quase nada.

Outra matéria histórica, porém nacional, é um artigo detalhado escrito sobre o massacre do Carandiru, uma verdadeira carnificina que ocorreu em outubro de 1992, há 30 anos. Após uma rebelião de presos, a polícia militar de São Paulo invadiu o presídio e matou, em números oficiais, 111 detentos. Os policiais ainda estão impunes e aguardam julgamento.

Em tema parecido, o Dossiê também abordará o tema da consciência negra, cujo dia é comemorado em novembro, falando do tema de maneira política, sem os filtros identitários e de maneira concreta.

Por último e nem por isso menos importante, um dos artigos da publicação fará uma análise sobre o livro Ulisses, de James Joyce.

Todos esses assuntos serão abordados de maneira profunda por redatores selecionados, militantes e simpatizantes do partido, todos discutidos por um grupo de militantes experientes, inclusive por membros da direção do partido.

Ficou interessado? Já é possível adquirir o seu exemplar por apenas R$25,00! Basta entrar em contato no número (11) 97959-5355.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.