Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ministério da Justiça

Dino: Coronel presente em Carandiru chefiará políticas penais

Onda de indicações reacionárias de Flávio Dino continua, indicando que sua gestão será contra o povo trabalhador


Nesta quarta-feira (21), Flávio Dino (PSB-MA) futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, anunciou mais uma dezena de nomes que farão parte das secretarias da pasta sob o seu comando. Dentre eles, chefiando a Secretaria Nacional de Políticas Penais, está o Coronel Nivaldo Cesar Restivo, da Polícia Militar de São Paulo.

Nivaldo esteve presente no Massacre do Carandiru, o qual contou com 111 assassinatos em números oficiais pela Polícia Militar, e foi denunciado por omissão durante o espancamento de outros 87 presos em operação ocorrida após o massacre.

O histórico fascista do Coronel não para por aí. Em janeiro de 2017, tornou-se comandante-geral da PM de São Paulo. Na época, afirmou que a atuação da polícia no Massacre de Carandiru teria sido “legítima e necessária”. Além disso, já comandou a ROTA e, em dezembro de 2018, foi anunciado por Dória como secretário da Administração Penitenciária durante seu governo no estado.

A indicação de Dino demonstra que sua política, enquanto ministro da Justiça, será a de atacar os trabalhadores. Afinal, indicou um carniceiro do Carandiru, o maior massacre da história de São Paulo e um dos maiores do Brasil, para cuidar das políticas penais de todo o território brasileiro.

Já está mais do que claro que o psbista representa uma infiltração da direita dentro do governo do PT. Lula não pode deixar que esse setor aproxime dele assassinos, como é o caso do Coronel Nivaldo, e desmoralize o seu governo frente à classe trabalhadora brasileira.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.