Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Fascismo antinazismo?

Cultura do cancelamento promove um clima fascista

Histeria do cancelamento é impulsionado pela burguesia e tem a finalidade de criar um clima fascista


O linchamento histérico contra o apresentador do PodCast Flow, Monark (Bruno Aiub), na semana passada, e a pichação na sede do Partido da Causa Operária (PCO) na última quinta-feira, 10 de fevereiro, expõem o que poderá se intensificar na sociedade brasileira: covardia política, censura, cassações, prisões e muita violência.

Estimuladas e promovidas pela burguesia, essas ações fascistas ficarão mais violentas. Se aliam a esse recrudescimento da censura identitários canceladores que agora adotarão métodos ditatoriais para aumentar a violência contra os seus opositores.  Esses identitários saíram do campo virtual de censura para o campo físico. A sede do PCO, um partido declaradamente comunista que luta em prol da libertação da classe operária mundial e combate o fascismo em todas as frentes, é a primeira vítima desses tresloucados ideológicos do identitarismo após a censura contra Monark. O PCO saiu em defesa do apresentador em respeito ao princípio marxista de liberdade irrestrita de opinião.

Ao pichar sedes de partidos em nome do combate aos extremismos, os identitários repetem os mesmos métodos tradicionais dos fascistas, que não se furtarão em atacar outras organizações maiores de esquerda, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e o Partido dos Trabalhadores (PT), cujo líder Lula vem liderando as pesquisas presidenciais.

Essa política ditatorial da burguesia criará um clima de fascismo e violência na sociedade brasileira. Onde estão os defensores da democracia e da liberdade de opinião com responsabilidade nessas horas de atentado contra um partido que defende a liberdade de opinião para todos, inclusive para os fascistas? Os identitários estão aí para defender o imperialismo e desmobilizar a luta política.

O PCO defende o direito de todos os partidos e organizações se manifestarem, mas aceitar pacificamente violência já é outra história. O partido já colocou para correr diversos fascistas das manifestações de rua, inclusive junto com torcidas organizadas do futebol. Expulsou também o Movimento Brasil Livre (MBL), um dos responsáveis pela chegada dos fascistas ao poder. Sabemos perfeitamente quem, para combater o comunismo e as organizações populares, promove o fascismo; conhecemos suas táticas e ainda como combatê-las.

Não somos a favor de nenhum tipo de censura. A questão Monark, a pichação da sede do PCO e, antes, a censura contra o jogador de vôlei Maurício Souza, que fora demitido por dar uma opinião sobre homossexualidade, dentre dezenas de outros casos, abrem um sinal de alerta para a sociedade.

A posição política direitista da esquerda pequeno-burguesa em defender a intolerância contra os intolerantes, um recurso filosófico de um pensador reacionário como o austríaco Karl Popper, cujo pensamento este Diário já desmistificou, está sendo inócua e nefasta. Essa “esquerda” censura, ataca o PCO e, quando tiver que enfrentar os fascistas nas ruas, fugirá totalmente, deixando apenas os verdadeiros marxistas nas ruas para combater os fascistas.

Os opositores à liberdade irrestrita de opinião se unem aos fascistas bolsonaristas para perseguir a população. E a longo prazo essa política de censura recairá sobretudo contra os partidos de esquerda, pois, na prática, o fascismo não será censurado porque já chegou ao poder no Brasil através de diversas legendas partidárias. Eduardo e Jair Bolsonaro, apoiadores tradicionais da política fascista do ódio, não estão a favor dessa censura à liberdade irrestrita de opinião à toa. O objetivo deles é criminalizar o comunismo, os partidos de esquerda e os movimentos sociais, pois uma grande quantidade de fascistas e simpatizantes do nazismo já estão agindo em todas as instituições burguesas, que protegem eles e atacam a classe operária.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.