Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Resultado da privatização

Cratera de Doria: obras no Metrô permanecem alagada e paralisada

A política de privatização e cortes do PSDB resultou no desbarrancamento e alagamento nas obras do Metrô paulista


Após uma semana, o desastre envolvendo o tatuzão, toneladora responsável por escavar túneis para obras do metrô e uma galeria de esgoto da SABESP (Companhia de saneamento básico do Estado de São Paulo), continua causando transtornos a população de São Paulo e de toda região metropolitana. A trepidação do equipamento causou o rompimento da galeria de esgoto ao lado de uma futura estação da linha, inundando toda a obra.

O ocorrido teve como consequência a abertura de uma enorme cratera na pista local da marginal Tiête, devido ao rompimento do asfalto da via e também a paralisação das obras da linha 6 do metrô. Houve o desvio improvisado do trecho prejudicado e o tatuzão permanece submerso no esgoto.

Os trabalhadores serão os maiores prejudicados com a situação. Haverá o atraso ainda maior da conclusão das obras da linha, que liga a região da Brasilândia, extremo norte de São Paulo, com o centro da cidade. Dessa maneira, o deslocamento diário desses trabalhadores continuará na dependência dos ônibus, que com a restrição da via, enfrentarão maiores trechos de trânsito, acarretando no aumento do tempo gasto entre o trajeto de casa ao trabalho.

As obras da linha 6 do metrô fazem parte das famosas parcerias público-privada, as PPPs, sempre apresentadas pelos sucessivos governos tucanos no estado de São Paulo como a solução para o transporte. Porém o resultado dessa política é nítido: obras intermináveis, lucro para os empresários e políticos envolvidos e a superlotação dos terminais de ônibus, único meio de locomoção entre as áreas mais afastadas da cidade como o centro.

Como sempre, já houve a declaração culpando a instabilidade do solo que causou o suposto acidente seria das recorrentes chuvas neste período ano, porém essas já castigam a cidade antes mesmo do domínio tucano no estado. Moradores de diversas áreas de São Paulo e da região metropolitana, sofrem há anos com o problema das enchentes e nunca viram medidas efetivas para o problema. Ano após ano seguem perdendo seus poucos pertencem encharcados para o descaso da política do PSDB.

A recente oposição demagógica entre os políticos tucanos e o governo Bolsonaro dão uma falsa impressão de que o partido defende os direitos democráticos da população. João Doria, que durante a pandemia com a política do “fique em casa” e a falsa defesa da vacina, que chegou tardiamente ao estado, colocou toda a classe média e a esquerda pequeno- burguesa no bolso. Vale lembrar que para ser eleito aderiu a tenebrosa aliança batizada de Bolsodória. Algo que também remete a essa ideia, são os boatos da chapa Lula/ Alckimin (PSB), que leva até os pseudo- intelectuais da esquerda a acreditarem na redenção do eterno tucano, mesmo que este, assim como Dória foram os principais apoiadores do golpe de estado em 2016, que derrubou a presidenta Dilma.

O projeto político do PSDB seja no âmbito estadual ou nacional é a política neoliberal levada ao extremo, através das privatizações: a entrega do patrimônio público para o lucro particular da burguesia.

Para que esse objetivo seja alcançado, o partido se esforça para sucatear ao máximo o serviço público, justificando assim a imposição dessa política assassina que visa massacrar a população pobre e fortalecer o domínio do imperialismo norte-americano no Brasil. O verdadeiro motivo do desastre ocorrido é a terra arrasada que o governador João Doria promove no estado de São Paulo.

A necessidade de uma ampla mobilização popular se mostra cada vez mais urgente para que possamos varrer de vez essa corja fascista do poder público em nosso país. É preciso mobilizar pelo fora Doria e fora Bolsonaro, por uma candidatura de Lula com um vice que represente os anseios da classe trabalhadora, longe da figura falida do tucano envergonhado Geraldo Alckmin.

Um governo popular é a única opção para nos livrarmos desse partido fascista que serve diretamente aos interesses do imperialismo às custas da repressão e empobrecimento da classe trabalhadora brasileira.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.