Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Rafael Dantas

Membro da Direção Nacional do PCO e diretor de redação do Jornal Causa Operária.

“Caldeirão”

A tática militar que vem garantindo o avanço russo no Donbass

Tropas ucranianas são cercadas e linhas de comunicação cortadas em cidades ocupadas pelos militares russos na República Popular de Lugansk


_ Rafael Dantas, de Moscou

As manobras militares conjuntas da Milícia Popular de Lugansk e das Forças Armadas da Rússia na República Popular de Lugansk (RPL) conseguiram enfraquecer e tornar mais próxima a derrota das tropas ucranianas na região.

O conflito está localizado em torno das cidades de Severodonetsk e Lisichansk, próximas à fronteira da RPL com a Ucrânia. As cidades, que até um mês atrás eram o último bastião dos ucranianos (incluindo o batalhão nazista Aidar) na RPL, foram cercadas na Operação Especial para a Desmilitarização e Desnazificação, que cortou as linhas de suprimento e comunicação dos ucranianos. 

Trata-se da tática do “caldeirão”, aplicada pelos russos em outras oportunidades. O cerco russo às posições ucranianas forçou a rendição e de tropas e a prisão de milhares de militares ucranianos, compelidos a se render tal como ocorreu em na batalha de Mariupol.

O conflito militar na RPL se dá em condições muito diferentes das guerras de agressão promovidas pelo imperialismo ao longo das últimas décadas no Iraque e no Afeganistão, por exemplo. 

Ao invés de pesados bombardeios aéreos e do uso desproporcional de força das operações de “choque e pavor”, com altos prejuízos para a população civil, as forças da RPL e da Rússia aplicam táticas de guerra urbana, policiamento e contra-ataques. Seu objetivo é justamente evitar danos à infraestrutura e população civis. 

Isso ocorre porque as forças ucranianas adotaram como tática a ocupação de edifícios e instalações sociais, e não militares, forçando a população a servir de escudo humano e impedir o uso de artilharia pesada pelos russos.

A investida russa sobre Kiev no início da Operação Especial (fevereiro–abril), apresentada pela imprensa imperialista como uma tentativa frustrada de tomada da capital, serviu para dividir e enfraquecer as forças ucranianas. Os russos foram bem-sucedidos. A dispersão das forças ucranianas por seu território com avanços das forças da Rússia ao Norte, Sul e Oeste do país, diminuíram o ritmo da ofensiva ucraniana sobre o Donbass. 

É justamente para compensar essa disparidade que o imperialismo mundial, os países da OTAN, estão enviando armas de todos os calibres e outros recursos (como aviões não-tripulados, os drones, usados para identificação e bombardeio das posições russas) para sustentar as forças armadas ucranianas já bastante enfraquecidas.

Ao mesmo tempo, a Operação Especial teve êxitos importantes ao longo do último mês com a prisão de diversos mercenários europeus de todas as patentes – incluindo generais. O apoio da OTAN aos ucranianos é indispensável e torna evidente que o País se converteu em um instrumento de agressão imperialista contra a Rússia. 

Deixou claro também que a tática avançada em primeiro lugar pelos nazistas durante os oito anos de crimes de guerra e agressões contra o Donbass (o ataque sistemático à população civil) tem o respaldo do imperialismo “democrático”. 

O bombardeio diário da cidade de Donetsk, capital da República Popular de mesmo nome, pelas forças ucranianas, prova que, em nome da defesa, o imperialismo ataca ao mesmo tempo que acusa a Rússia de agressão quando esta, na realidade, está apenas se defendendo.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.