Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Demarcação Já!

Indígenas são ameaçados de morte em Parelheiros

As entidades e movimentos dos trabalhadores devem encampar essa luta dos povos indígenas e pedir imediatamente a demarcação de terras contra o agronegócio e o latifúndio

moitara indios 1200x720

Os povos indígenas no Brasil nunca tiveram uma política de preservação da sua cultura e de seus costumes. As terras indígenas sempre são alvo da cobiça do agronegócio. Na verdade, os índios vivem como a maioria dos trabalhadores pobres do campo.

Um exemplo disso é a tentativa dos índios em se fixar na aldeia Kuaray Oua, localizada dentro da Terra Indígena (TI) Tenondé Porã, na região de Parelheiros, no extremo sul de São Paulo.

Os indígenas que habitam o local vêm sofrendo ameaças desde de março de 2021, pois um grupo de fascistas alegam que as terras são pertencentes a eles. Esse grupo chegou a recorrer a pelo menos cinco ações à mão armada em novembro deste ano.

No local, vivem cerca de cinco famílias moradoras da aldeia Kuaray Oua, que dizem não temer os ataques no território. “Desde agosto eles circulam por aqui, mas não faziam nada, agora a maioria teve medo, eu não, falo para a minha família que é melhor a gente ficar por aqui, porque somos Guarani, não somos fracos. A gente tem que lutar porque essa terra aqui é nossa”.

É lógico que os povos indígenas são guerreiros, porém estão em desvantagem com os jagunços do agronegócio, onde há milícias armadas para assustar e em muitos casos matar os que estão em terras produtivas.

As intimidações e ameaças continuam na aldeia. Um grupo de cinco jagunços incendiaram duas casas, retirou madeiras com veículos no local e roubou outros pertences dos moradores. Um claro ataque aos povos que habitam o local.

É preciso que os indígenas tenham suas terras demarcadas, tenham incentivo à cultura, tenham em suas aldeias escolas e infraestrutura, o índio como o trabalhador do campo precisa de uma ampla reforma agrária. É preciso uma política de proteção para essas populações que estão entregue a fome e ao latifúndio.

As entidades e movimentos dos trabalhadores devem encampar essa luta dos povos indígenas e pedir imediatamente a demarcação de terras contra o agronegócio e o latifúndio.

Os povos indígenas necessitam da demarcação definitiva de suas terras e auxílio econômico por parte do Estado para garantir sua sobrevivência. É preciso dar condições materiais para que os povos indígenas preservem sua cultura, costumes e modos de vida.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.