Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Repressão na África do Sul

Governo sul-africano já matou mais de 300 manifestantes

Após quinze dias de protestos, mais de 330 pessoas morreram na África do Sul


Após quinze dias de intensos protestos contra a prisão do ex-presidente nacionalista Jacob Zuma, a África do Sul registra, hoje, mais de 330 manifestantes mortos. Os atos começaram no último dia 09 e, desde então, vêm se intensificando de forma que o exército do país fora mobilizado para tentar conter a onda de pessoas nas ruas. Na cidade de Phoenix, por exemplo, 20 pessoas, todas negras, foram assassinadas nas últimas semanas.

A situação teve início quando Zuma fora preso por desacato após ignorar convocações oficiais para prestar depoimentos em uma suposta investigação sobre corrupção. Insta frisar que, dentro do cenário de pobreza, fome e pandemia crescentes no país, essa prisão não passou de mais um golpe orquestrado pelo imperialismo Norte-Americano. Condenado a 15 anos de prisão por “desacato à justiça”, Zuma se tornou o estopim necessário para que a população da África do Sul se revoltasse. No momento, apenas 2% da população está vacinada contra o coronavírus e e cerca de 32% encontra-se desempregada. Não obstante, aproximadamente metade da população vive abaixo da linha da pobreza, sendo a África do Sul um dos países com a maior taxa de desigualdade do mundo.

É fato que as acusações por parte da justiça, da imprensa e dos órgãos internacionais de controle de direitos à Jacob Zuma de participar de um “escândalo de corrupção” é uma estratégia bastante comum da burguesia e do imperialismo para atacar qualquer governo nacionalista. Entretanto, desta vez a tática gerou uma situação insustentável, a qual é respondida pelo governo direitista do país com intensa violência, repressão e abuso policial. No momento existem mais de 2500 manifestantes presos ou detidos nos protestos.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.