Por quê estou vendo anúncios no DCO?

A exploração continua

Burguesia identitária: Carrefour só compra de negro empresário

Os trabalhadores seguem perdendo seus direitos e ainda são feitos de trouxa nessa demagogia identitária

carrefour

O Carrefour, desde a morte do trabalhador negro João Alberto dentro de uma de suas lojas no ano passado, vem alterando algumas diretivas da empresa para se mostrar “amigável” aos negros. Diretivas como colocar um diretor negro para conduzir mudanças na segurança, abrir vagas para formar executivos negros e recentemente favorecer as requisições de fornecedores negros e de produtos para negros.

Essa política ajuda em nada os negros e serve apenas como propaganda para a classe média, principalmente a identitária, levando os clientes a acreditar que a empresa mudou e agora tem apoiado a luta dos negros. Por exemplo, a diretiva de favorecer fornecedores negros apenas engana o trabalhador com a falsa promessa de ser um empreendedor e ao final o negro se tornará um terceirizado sem direitos trabalhistas.

O mesmo grupo Carrefour que controla os mercado e é a favor dos negros também controla o Banco Carrefour. Este banco tem promovido um processo de demissões em massa, mesmo tendo 108% de lucro comparado com o ano passado. Entre as dispensas, estão inclusive trabalhadores com câncer, em tratamento médico, pessoas com deficiência e funcionários que nunca tiveram nenhum histórico de “baixa performance”, como relatado pelo sindicato dos bancários.

O sindicato complementa também que “as demissões em massa instalaram um clima de terror entre os funcionários. Eles relatam que as ameaças de perda do emprego são constantes. E as dispensas que já aconteceram deixam todos preocupados. Além deste processo, ainda há o avanço interno da terceirização das atividades, e a substituição dos empregados por empresas terceirizadas. Este cenário tem causado insatisfação, tensão e muitas reclamações ao Sindicato, o que não é de hoje.”

Essa política identitária apenas usa os negros como meio de propaganda e como facilitar a empresa para implementar medidas duras ao trabalhador com um aspecto pseudoprogressista. Portanto, como é um negro aplicando tais medidas, é porque realmente elas seriam necessárias. Trata-se, contudo de uma farsa. Os trabalhadores seguem perdendo seus direitos e ainda são feitos de trouxa nessa demagogia identitária.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.