Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Claudio Corbo

Tensão no Índo-Pacífico

França fica de fora do AUKUS

França ficou de fora do acordo firmado entre Estados Unidos, Inglaterra e Austrália


Em 15 de setembro de 2021, veio a público o casamento militar do trio Reino Unido, Estados Unidos e Austrália. De acordo com esses países, a ideia seria impedir o crescimento das forças militares aquáticas chinesas no Indo-Pacífico. Esse pacto chama-se AUKUS e é a abreviação em inglês que indica os países que o compõem. Afora isso, o acordo ainda abarca áreas como inteligência artificial, tecnologia quântica e cyber segurança.

Com a notícia da aliança entre Estados Unidos, Austrália e Inglaterra de produção de submarinos de propulsão nuclear pelos primeiros para a Austrália, o país será parte do grupo de cinco países com esses armamentos. É importante lembrar da bandeira da Austrália e quem serão os países que ficarão mais fortes tanto no oceano pacífico como no índico.

O problema diplomático ocorreu porque a Austrália já havia feito acordos anteriores com o Japão, com a França e finalmente com os Estados Unidos e com o Reino Unido em setembro do presente ano. Causa estranheza não se ter notícias de envolvimento de Israel no acordo. Pois Inglaterra, Israel e Estados Unidos são uma espécie de trigêmeos geopolíticos.

O Governo francês ficou abalado e enfurecido, alegando deslealdade dos aliados com o “acordo anti-China”, e pelo fato de só conhecerem o novo acordo no momento em que os noticiários começaram a falar sobre o assunto.

Em contraponto, a embaixada da China em Washington culpou os países de “mentalidade de Guerra Fria e preconceito ideológico”.

O governo chinês, através de um membro de sua diplomacia falou que as nações “não deveriam construir blocos de exclusão”.

O acordo constitui que a Austrália abdicou de um acordo firmado há 5 anos com a França de aproximadamente 40 bilhões de dólares para a construção de 12 submarinos não nucleares.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.