Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Guerra em Gaza

‘Israel’ incendeia posto de embarque de palestinos para o Egito

Milhares de palestinos feridos e doentes estão sendo impedidos de deixar Gaza pelo exército sionista que tomou controle da fronteira

Em mais um ataque criminoso contra civis em Rafá, o exército israelense incendiou a sala de embarque, onde os palestinos tinham acesso ao exterior. Esse crime impede que milhares de pessoas que estão sendo bombardeadas e atacadas diariamente possam deixar a região para todo tipo de ajuda, incluindo pessoas doentes e feridas. Ou seja, segue a tentativa de extermínio da população em Gaza.

Existem várias imagens e vídeos circulando na Internet que mostram o incêndio e as pessoas evacuando o local. O movimento da resistência armada palestina, Hamas, classificou o crime israelense como um “comportamento criminoso e bárbaro”.

O movimento sublinhou que este “comportamento nazista, que é um crime de guerra evidente, exige uma condenação internacional generalizada e a tomada das medidas necessárias para responsabilizar os líderes da ocupação pela destruição de uma instalação civil”. Observou que isto ocorreu sem qualquer justificação, a não ser a sede do governo israelense de infligir mais danos e mais destruição e de aumentar o sofrimento dos palestinos.

Hamas também responsabilizou a ocupação israelense pelas consequências deste crime, que isolou os palestinos na Faixa de Gaza do mundo exterior, privou milhares de doentes e feridos de viajar para receber tratamento no estrangeiro e impediu a entrada de ajuda. Sendo assim, exigiu uma ação internacional eficaz para abrir a passagem e facilitar as viagens dos palestinos e a entrada de alimentos urgentes e ajuda humanitária no setor que está deliberadamente exposto à guerra de fome causada pelos israelenses.

Outro crime também aconteceu durante a madrugada desta segunda-feira (17). O correspondente da Al Mayadeen em Gaza confirmou que três palestinos, incluindo uma mulher, foram mortos, enquanto vários outros ficaram gravemente feridos depois que as forças de ocupação israelenses bombardearam deliberadamente uma casa no bairro de Xeique Raduan, na Cidade de Gaza. O bombardeio israelense também teve como alvo terras agrícolas a leste de Deir al-Bala, no centro da Faixa de Gaza.

Aviões de guerra israelenses também atacaram uma casa nas proximidades do hospital de campanha dos Emirados, no centro de Rafa. Aviões de guerra também lançaram um ataque violento à Cidade de Gaza, coincidindo com vários ataques visando as proximidades do Vale de Gaza, a noroeste do campo de Nusseirat, no centro de Gaza.

Apesar de toda a covardia de todos os soldados israelenses, o Canal 12 de “Israel” diz que fontes militares afirmaram que o Hamas continua a travar a luta contra o exército de ocupação e causando muitas baixas. As fontes apontam que os esforços do exército israelense podem ser em vão. No mesmo contexto, Ohad Hemo, comentador de assuntos palestinos do Canal 12, disse que o Hamas restabeleceu com sucesso a sua presença na Faixa de Gaza. Ele enfatizou que as expectativas israelenses em relação à invasão de Rafa e à operação terrestre ali estão enganando o público

“Todos os olhos estão voltados para Rafa, mas há algo importante que nós e o público em Israel precisamos entender”, afirmou. Ele esclareceu que a verdadeira questão não era Rafa, mas sim a significativa realidade de que “o Hamas conseguiu reconstruir-se na Faixa de Gaza”. Além disso, Ohad Hemo, aponta que mesmo que nas próximas o exército israelense consiga acabar com o Hamas em Rafa, isso não significa que o Hamas estaria acabado em Gaza.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.