Por quê estou vendo anúncios no DCO?

América do Sul

Venezuelanos saem às ruas para exigir de volta território roubado

Disputa pelo rico território de Essequibo é consequ~encia da ingerência britânica na região

Em Caracas, povo venezuelano saiu às ruas nesta terça-feira para defender o território de Essequibo, território em disputada, localizado no planalto das Guinas, mas sua soberania é reclamada pela Venezuela por meio do acordo de Genebra, celebrado em 17 de fevereiro de 1966.

Todos estão nas ruas pelo direito de os venezuelanos viverem em paz, rejeitando os criminosos bloqueios econômicos e sanções ao país, que é rico em Petróleo, alvo dos parasitas do imperialismo.

O povo que foi às ruas nessa semana bradou também a necessária defesa do sistema educacional para os jovens e crianças, além da defesa do direito constitucional dos cidadãos venezuelanos.

As manifestações populares na Venezuela provam que o atual governo de Nicolas Maduro tem sim apoio popular. A população tem consciência da luta necessária em defesa da Venezuela, sobretudo nessa questão de Essequibo, a qual é disputada entre o povo venezuelano e a Guiana. A vasta região tem uma rica fauna, potencial hidroelétrico, reservas de minérios como diamantes, ouro, cobre, níquel e recentemente foi descoberto petróleo. A área rica em recursos energéticos sempre fora alvo dos britânicos no séculpo XIX e agora dos Estados Unidos também.

O governo americano já pretende militarizar a região, pois pretendem desestabilizar a Venezuela usando a Guiana nesse conflito de dois séculos. Na Assembleia da ONU, o ministro das relações Exteriores da Venezuela, Yván Gil, criticou a possível interferência do imperialismo dos Estados Unidos:

“Condenamos a intenção do governo americano de militarizar Essequibo. O Comando Sul está tentando criar uma base militar no território disputado, com o objetivo de criar uma ponta de lança de sua agressão contra a Venezuela e confiscar nossos recursos energéticos”.

Esse litígio em questão é fruto da ação imperialista britânica, cuja demarcação na área é voltada apenas para seu próprio interesse e hoje a Venezuela luta para assegurar esse território diante das seguidas tentativas de roubarem seu petróleo.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.