Futebol brasileiro

Rodrygo e Jesus mostram caminho da reação

Apesar da derrota por 1 X 0, que teve grande ajuda da arbitragem, um aspecto da atuação da seleção se destacou: o Brasil bateu de volta

Na última terça-feira (21), o Brasil jogou contra a Argentina no Maracanã em partida válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Apesar da derrota por 1 X 0, que teve grande ajuda da arbitragem, um aspecto da atuação da seleção se destacou: o Brasil bateu de volta.

Contra o Brasil, os argentinos sempre tiveram um estilo de jogo que depende, em grande medida, de agredir os jogadores da Canarinho. Mas, dessa vez, os brasileiros não ficaram acuados e reagiram, bateram nos argentinos, bateram boca contra a arbitragem enviesada.

Rodrygo, um dos craques da seleção, não se deixou intimidar por Messi e seu capanga De Paul que, desde antes da partida começar, com a confusão que houve entre torcedores na arquibancada, já começaram a ficar agressivos para cima dos jogadores brasileiros.

Ao mesmo tempo, em determinado lance, Gabriel Jesus, outra joia do time, deu uma “mãozada” na cara de De Paul. Depois da partida, o jogador afirmou, em entrevista, que o Brasil “sempre apanha”, mas que “Foi o primeiro jogo contra a Argentina que a gente bateu também”.

“Desde que eu estou aqui, esse foi o primeiro jogo contra a Argentina que a gente bateu também. A gente sempre apanha. É normal, é do jogo. Óbvio que a gente quer entrar lá e ganhar o jogo sem bater, porém, a gente tem que fazer isso porque apanha”, disse o atacante.

Esse foi o espírito que fez o Brasil ser campeão em 1970 apesar de toda a sabotagem que o imperialismo queria impor contra a seleção. Para trazer o Hexa para casa, os craques da Canarinho, junto à orientação de Fernando Diniz, precisam ter isso em mente e reagir contra os ataques que definitivamente sofrerão na longa estrada até o título.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.