Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Novas transformações

Iniciativas cubanas para melhorar a conectividade digital

A transformação digital em Cuba busca modernizar os processos de governança, administrativos e econômicos, e aproximar as novas tecnologias da população.

cuba eeuu (1)
  • Rádio Havana Cuba

A transformação digital em Cuba busca modernizar os processos de governança, administrativos e econômicos, e aproximar as novas tecnologias da população.

Apesar do prolongado bloqueio norte-americano, que impede o acesso às tecnologias de ponta nessa esfera, controlada pelas grandes multinacionais norte-americanas, o governo cubano insiste em potenciar a conectividade social.

Nessa direção, foi dada prioridade e se subsidiou muitas vezes a conexão em áreas como a saúde, a educação, a cultura e o desenvolvimento científico.

Além disso, se implementaram diversas iniciativas que oferecem variadas opções para a população, duas das quais foram destacadas na Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação, que decorre até esta sexta-feira na cidade suíça de Genebra.

Estamos falando concretamente nos chamados Jovem Clube de Computação e Eletrônica, uma rede de centros tecnológicos presente em todo o país, com vasto portfólio de serviços e produtos ao alcance das pessoas.

Por iniciativa do líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro, a mencionada rede foi criada em 1987 com o objetivo de proporcionar e elevar a cultura informática nas comunidades pensando, em primeiro lugar, nas crianças e nos jovens.

Os chamados Jovem Clube de Computação e Eletrônica se multiplicaram em seus 35 anos de vida, chegaram até as regiões montanhosas e, hoje, são mais de 600 na Ilha.

A “Papeleta” também é uma iniciativa bem-sucedida, resultante de uma aliança efetiva entre arte e tecnologia. Esta ferramenta foi desenhada há quase dez anos com o propósito de promover e difundir as atividades e os eventos culturais no país.

O portal digital se modernizou ao longo dos anos incorporando outros serviços, como a reserva e venda eletrônica dos ingressos para teatros, salas de concertos e exposições.

O homem é o destino da transformação digital que tem lugar em Cuba para satisfazer as necessidades e expectativas da população.

O processo é um grande desafio, pois precisa de financiamento que, muitas vezes, não está disponível por causa das limitações econômicas impostas pelo bloqueio. Não obstante, se buscam alternativas para tornar possível a conectividade da sociedade toda, sem exclusões, e tributar igualmente ao desenvolvimento do país.

* A matéria não expressa necessariamente a opinião desse jornal

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.