Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Todo apoio a greve!

Greve de entregadores está marcada para hoje!

Em Brasília, a mobilização vai se concentrar na Alameda dos Estados, frente ao Congresso Nacional, começando a partir das 13 horas

Segunda-feira, dia 18 de setembro, está marcada uma greve nacional dos entregadores de Aplicativos.

Na pauta está o reconhecimento da profissão e diversas reivindicações de cunho financeiro, tais como aumento do valor da hora trabalhada dentro do aplicativo, a proposta dos motoboys é de um valor mínimo de R$ 35,76 para motociclistas e de R$ 29,63 para ciclistas por hora logada no aplicativo.

No entanto, as empresas ofereceram valores que variam de R$ 10,20 a R$ 12 para motociclistas e de R$ 6,54 a R$ 7 para ciclistas, muito abaixo do que os entregadores reivindicam.

A falta de direitos para o povo é consequência do golpe de Estado de 2016, que aboliu uma série de direitos de todos os trabalhadores, e a terceirização desenfreada, além da crise econômica provocada pela destruição das empresas de construção pesada causada pela perseguição da operação Lava Jato. Somente na área calcula-se que entre 3 e 4 milhões de trabalhadores perderam o emprego, fora os empregos indiretos.

Muitos trabalhadores, com alta especialização inclusive, se viram obrigados a trabalhar em aplicativos, como Uber, ifood, etc., sem nenhuma garantia, ganhando pela viagem ou pela entrega, e ainda sendo obrigados a cumprir uma carga horária elevadíssima para conseguirem faturar o suficiente pagar os custos e ainda sobrar alguma coisa.

Em seguida, o que já era ruim desde o início, apesar da propaganda feita pelos patrões e pela imprensa golpista de que eles seriam empreendedores, a ilusão acabou ao se depararem com o aumento absurdo dos combustíveis provocada pelo uso da Petrobras para gerar lucros aos seus donos no estrangeiro, tornando o “negócio” inviável para os supostos empreendedores.

Existem no país cerca de 1,6 milhões de entregadores, fora os motoristas de aplicativos que estão mais ou menos na mesma situação.

A CUT deve apoiar a mobilização e ajudar no que for preciso os trabalhadores de aplicativos de entrega, apoio jurídico, orientação das lideranças, tudo o quer for necessário para consigam seus direitos frente aos patrões.

Independente disso, a CUT deve ajudar na criação do sindicato trabalhadores de aplicativos de entrega e filiá-los a central, sem perda de tempo, antes que outra central direitista o faça.

Outra ação importante é a criação de estatal nacional de aplicativo, controlada pelos próprios trabalhadores, somente assim poderiam garantir direitos e salários.

Em Brasília, a mobilização vai se concentrar na Alameda dos Estados, frente ao Congresso Nacional, começando a partir das 13 horas.

Todo apoio a greve!

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.