São Paulo

Governo do bolsotucano Tarcísio privatiza a Sabesp

Na quarta-feira (6), a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou a privatização da Sabesp, Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo

Na quarta-feira (6), a Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou a privatização da Sabesp, Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. A votação foi de 62 a favor e 1 contra. Essa era uma das principais políticas do governador do estado Tarcísio de Freitas. Agora a Câmara dos Vereadores irá discutir a privatização, pois a capital representa 44% do faturamento da empresa.

O governador bolsotucano comemorou por meio das redes sociais:

“Dia histórico para São Paulo! Parabéns aos bravos parlamentares da Alesp que aprovaram a privatização da Sabesp. A coragem com que enfrentaram os ataques dos que não têm argumentos ajudará a construir um legado de universalização do saneamento, de despoluição de mananciais, de aumento da disponibilidade hídrica, de saúde para todos. Vocês estão ajudando a construir um novo futuro!”

Em meio à votação, a PM fascista agrediu os manifestantes que estavam presentes no plenário protestando contra a medida neoliberal. É uma demonstração de que o bolsonarismo, nas questões mais importantes, é idêntico ao PSDB.

Os partidos que compõem a base do governo Tarcísio, Republicanos, Partido Liberal (PL), União Brasil, PSDB, PSD, Podemos, PP, Solidariedade e Novo, votaram a favor da entrega da Sabesp à iniciativa privada. Já os deputados da oposição, PT, PSOL, PSB e Rede, foram contrários, mas não votaram após a repressão da PM contra os manifestantes.

Veja abaixo como votou cada parlamentar:

Votaram SIM

Ana Carolina Serra (Cidadania)
Analice Fernandes (PSDB)
Barros Munhoz (PSDB)
Bruna Furlan (PSDB)
Carla Morando (PSDB)
Carlão Pignatari (PSDB)
Dirceu Dalben (Cidadania)
Maria Lúcia Amary (PSDB)
Mauro Bragato (PSDB)
Rafa Zimbaldi (Cidadania)
Rogério Nogueira (PSDB)
Vinicius Camarinha (PSDB)
Itamar Borges (MDB)
Jorge Caruso (MDB)
Léo Oliveira (MDB)
Rogério Santos (MDB)
Leonardo Siqueira (Novo)
Agente Federal Danilo Balas (PL)
Alex Madureira (PL)
Bruno Zambelli (PL)
Carlos Cezar (PL)
Conte Lopes (PL)
Fabiana Bolsonaro (PL)
Gil Diniz (PL)
Lucas Bove (PL)
Major Mecca (PL)
Marcos Damasio (PL)
Paulo Mansur (PL)
Ricardo Madalena (PL)
Rodrigo Moraes (PL)
Tenente Coimbra (PL)
Thiago Auricchio (PL)
Valéria Bolsonaro (PL)
Capitão Telhada (PP)
Delegado Olim (PP)
Leticia Aguiar (PP)
Valdomiro Lopes (PSB)
Helinho Zanatta (PSD)
Marta Costa (PSD)
Oseias de Madureira (PSD)
Paulo Correa Jr (PSD)
Rafael Silva (PSD)
Altair Moraes (Republicanos)
Edna Macedo (Republicanos)
Gilmaci Santos (Republicanos)
Jorge Wilson Xerife do Consumidor (Republicanos)
Rui Alves (Republicanos)
Sebastião Santos (Republicanos)
Tomé Abduch (Republicanos)
Vitão do Cachorrão (Republicanos)
Dr. Elton (União)
Edmir Chedid (União)
Felipe Franco (União)
Guto Zacarias (União)
Milton Leite Filho (União)
Rafael Saraiva (União)
Solange Freitas (União)
Clarice Ganem (Podemos)
Dr. Eduardo Nóbrega (Podemos)
Gerson Pessoa (Podemos)
Ricardo França (Podemos)
Atila Jacomussi (Solidariedade)

Votou NÃO

Delegada Graciela (PL)

Não votaram

Carlos Giannazi (PSOL)
Ediane Maria (PSOL)
Guilherme Cortez (PSOL)
Monica Seixas (PSOL)
Paula da Bancada Feminista (PSOL)
Ana Perugini (PT)
Beth Sahão (PT)
Donato (PT)
Dr. Jorge do Carmo (PT)
Eduardo Suplicy (PT)
Emídio de Souza (PT)
Enio Tatto (PT)
Leci Brandão (PCdoB)
Luiz Claudio Marcolino (PT)
Luiz Fernando T. Ferreira (PT)
Márcia Lia (PT)
Maurici (PT)
Paulo Fiorilo (PT)
Professora Bebel (PT)
Reis (PT)
Rômulo Fernandes (PT)
Simão Pedro (PT)
Teonilio Barba (PT)
Thainara Faria (PT)
Marcio Nakashima (PDT)
Daniel Soares (União)

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.